InícioEditorialRio Grande do Sul deve demorar dez dias para resolver crise de...

Rio Grande do Sul deve demorar dez dias para resolver crise de combustíveis

O Rio Grande do Sul enfrenta uma situação crítica de desabastecimento parcial de combustíveis, desencadeada por chuvas intensas que afetaram severamente a região. O Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás (IBP) está monitorando as consequências dessas chuvas sobre o fornecimento de combustível, especialmente considerando os desafios impostos ao transporte. Estradas e ferrovias foram comprometidas, deixando a capital, Porto Alegre, em um estado de isolamento quase total. A crise no abastecimento não apenas prejudica a distribuição de combustíveis, mas também impacta diretamente as operações de resgate e as equipes de saúde que se dirigem à região para auxiliar os afetados. Em uma medida emergencial, o combustível está sendo fornecido gratuitamente em diversas situações pelo estado, numa tentativa de amenizar os efeitos da crise. O IBP reportou uma redução significativa de 28% na distribuição e consumo de combustíveis, evidenciando a gravidade da situação, com 10 cidades completamente isoladas e mais de 50 poços de combustível fechados.

cta_logo_jp
Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

A interrupção do transporte ferroviário de combustíveis exacerbou a crise, forçando a dependência de caminhões que enfrentam bloqueios e desvios extensos para chegar aos seus destinos. As chuvas recordes elevaram o nível do Rio Guaíba a marcas históricas, atingindo 5,3 metros e colocando Porto Alegre em uma situação alarmante. Este cenário desolador reflete os efeitos devastadores das mudanças climáticas e destaca a vulnerabilidade da infraestrutura de transporte diante de fenômenos naturais extremos. A expectativa é que a normalização ocorra em até dez dias.

*Com informações do repórter Marcelo Mattos

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

CFM diz que vai enviar ao STF estudos científicos contra decisão de Moraes sobre aborto

A norma, que proíbe a prática em fetos com mais de 22 semanas, foi...

Ex-TV Globo revela ter sido vítima de abuso sexual na infância

Helga Nemetik decidiu quebrar o silêncio e expor ter sido abusada sexualmente durante a...

STF proíbe questionamentos sobre vida sexual de mulheres vítimas de violência

O STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu, por unanimidade, proibir questionamentos sobre o histórico sexual...

Mais para você