InícioNotíciasPolítica“Só faltou uma escavadeira”, ironiza Lula ao comentar fugas em Mossoró

“Só faltou uma escavadeira”, ironiza Lula ao comentar fugas em Mossoró

Além de citar possível “conivência” de agentes da penitenciária federal de Mossoró (RN), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse, neste domingo (18/2), que só faltou acesso a uma escavadeira para facilitar a fuga dos dois criminosos. Integrantes do Comando Vermelho (CV), os detentos fugiram por um buraco de luminária na parede da cela de um deles. Eles ficavam em celas vizinhas do presídio.

“Estamos à procura dos presos, esperamos encontrá-los e, obviamente, queremos saber como esses cidadãos cavaram um buraco e ninguém viu. Só faltava contratar uma escavadeira. Eu não quero acusar, mas teoricamente parece que teve a conivência com alguém do sistema lá dentro”, afirmou Lula em coletiva de imprensa em Adis Abeba, na Etiópia.

Lula disse acreditar que as investigações conduzidas pela polícia local e pela Polícia Federal (PF) deverão indicar até terça-feira (20/2) o que aconteceu no presídio.

“É a primeira vez que alguém foge de um presídio [de segurança máxima]. Isso significa que pode ter havido um relaxamento e nós precisamos saber de quem”, completou.

foto-buraco-mossoró-1

Igo Estrela/Metrópoles

cela2

Igo Estrela/Metrópoles

cela3-1-1200×800

Igo Estrela/Metrópoles

cela4-1-1200×800

Igo Estrela/Metrópoles

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski, viajou na manhã deste domingo para acompanhar as investigações sobre a fuga dos dois detentos. Ele será recebido pela governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), e pelo secretário Nacional de Políticas Penais do Ministério da Justiça, André Garcia, que está em Mossoró desde quarta-feira (14/2).

O titular da pasta vai se reunir com chefes das equipes que buscam os fugitivos e deverá falar com a imprensa no fim da tarde.

Fuga Rogério da Silva Mendonça, de 35 anos, e Deibson Cabral Nascimento, 33 anos, conseguiram fugir da Penitenciária Federal de Mossoró na madrugada da última quarta. Segundo o Ministério da Justiça, eles utilizaram ferramentas das obras da unidade prisional para escapar do local.

Mais de 300 agentes da PF, da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e das forças estaduais estão atuando nas buscas pelos fugitivos. Três helicópteros e drones também foram empregados na recaptura.

A Polícia Federal instaurou um inquérito para investigar, no âmbito criminal, se pessoas, eventualmente, facilitaram a fuga.

Os dois fugitivos foram transferidos da penitenciária do Acre para a de Mossoró em setembro de 2023 por terem participado de uma rebelião no presídio de segurança máxima Antônio Amaro, em Rio Branco, que resultou na morte de cinco detentos.

As buscas pelos fugitivos continuam e os nomes deles estão na lista da polícia internacional, Interpol.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Medidas às empresas são insuficientes e não chegam, diz Fecomércio-RS

O presidente da entidade, Luiz Carlos Bohn, afirmou que, apesar dos anúncios feitos pelos...

PL lança ofensiva contra as duas únicas prefeituras do PT no RJ

O PL lançou uma ofensiva contra as duas únicas prefeituras do Rio de Janeiro...

Mulher é presa por atacar jovem com soda cáustica por ciúme

A Polícia Militar do Paraná prendeu a suspeita de atacar a jovem Isabelly Aparecida...

Magda é a 12ª chefe da Petrobras desde o 1º mandato de Lula

Em média, comandantes da maior estatal do Brasil têm se segurado no cargo por...

Mais para você