InícioEntretenimentoCelebridadeSP: PM é morto com tiro na cabeça horas após carregar bandeira...

SP: PM é morto com tiro na cabeça horas após carregar bandeira do 7/9

São Paulo – O sargento da Polícia Militar Eduardo Sabatini Junior, de 41 anos, morreu com um tiro na cabeça durante uma ocorrência em Itirapina, na região de São Carlos, no interior paulista, na tarde desta quinta-feira (7/9). O suspeito do assassinato foi morto em seguida, em confronto com a PM.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), o crime aconteceu horas depois de o sargento carregar a bandeira do Brasil durante uma missa realizada em homenagem ao 7/9, Dia da Independência, na Igreja Matriz de Santo Antônio, na mesma cidade.

Após a cerimônia, Eduardo e outro PM foram acionados para atender uma ocorrência de um homem que, em surto, estaria usando uma arma de fogo para ameaçar moradores. Os policiais foram recebidos a tiros quando chegaram ao local.

O sargento acabou baleado e foi socorrido na Santa Casa de São Carlos, mas não resistiu. “Por conta do crime contra o agente do Estado, o patrulhamento na região será reforçado”, diz a pasta.

Troca de tiros A SSP afirma que o autor do disparo fugiu logo após matar o sargento. Ele foi localizado depois por equipes da Força Tática e da PM Rodoviária.

Na nova abordagem, o homem teria voltado a atirar contra os policiais e também foi baleado. Ele morreu no local.

Ainda de acordo com a pasta, Eduardo estava na PM há 17 anos e fazia parte da 2ª Companhia do 37º Batalhão do Interior (BPM/I). Ele não tinha filhos.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Zilu Godoi rebate discurso de Dado Dolabella sobre Wanessa: “Mentira”

Mãe de Wanessa Camargo, Zilu Godoi decidiu se manifestar nesta sexta-feira (22/2), depois de...

Blinken discorda de Lula, mas diz que “amigos podem ter discordâncias”

O secretário de Estado dos Estados Unidos (EUA), Antony Blinken, disse que discorda da...

Flávio Dino toma posse como ministro do Supremo Tribunal Federal

Novo membro assumirá cargo na Corte três meses após ser indicado pelo presidente Luiz...

Mais para você