InícioEditorialTerceiro voo de repatriação de brasileiros em Gaza decola para o Egito

Terceiro voo de repatriação de brasileiros em Gaza decola para o Egito

Um novo grupo de brasileiros e seus familiares que estavam na Faixa de Gaza estão se preparando para retornar ao Brasil por meio da operação Voltando em Paz, do governo federal. Nesta quinta-feira, 21, uma aeronave KC-30 (Airbus A330 200) da Força Aérea Brasileira (FAB) decolou rumo ao Aeroporto Internacional do Cairo, no Egito. A quantidade de pessoas que serão repatriadas ainda não foi divulgada. Este será o terceiro voo de retorno dos brasileiros desde o do conflito entre Israel e Hamas. O avião partiu da Base Aérea do Galeão, no Rio de Janeiro, às 8h20, e a previsão é que chegue ao Aeroporto Internacional do Cairo por volta das 22h30 desta quinta-feira (horário de Brasília). Além dos brasileiros, a aeronave está transportando um carregamento humanitário de seis toneladas doado pelo governo brasileiro. Esse carregamento inclui 150 purificadores de água portáteis equipados com kit voltaico, que consiste em painel solar, inversor veicular e controlador de carga para ampliar a autonomia de energia dos equipamentos. Estima-se que o avião chegue ao Brasil na manhã de sábado, 23, com pouso previsto para as 8h (horário de Brasília) na Base Aérea de Brasília. Até o momento, a operação Voltando em Paz já repatriou 1.525 pessoas em 11 voos. Do total, 1.413 são provenientes de Israel, 80 de Gaza e 32 da Cisjordânia.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

CEO da Vale diz confiar no conselho para decidir nova gestão

Recondução de Eduardo Bartolomeo à presidência da mineradora é impasse no colegiado; mandato vai...

IIndivíduo é preso por tráfico de drogas em Itamaraju

Policiais Militares da 43ª CIPM, efetuou a prisão de um acusado em posse de...

Motoboy negro ferido por homem branco é indiciado por lesão corporal

São Paulo – A Polícia Civil do Rio Grande do Sul indiciou por lesão...

Leia declarações de Lula e de Bolsonaro em 2 anos de guerra na Ucrânia

O ex-presidente manteve posição de neutralidade enquanto o atual tentou assumir papel de mediador...

Mais para você