InícioNotíciasPolíticaVÍDEO. Câmeras de segurança mostram coronel da PM batendo em moto antes...

VÍDEO. Câmeras de segurança mostram coronel da PM batendo em moto antes de agredir motoboy

Novos vídeos da briga entre um motoboy e um oficial da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) mostram como tudo começou. Imagens de câmeras de segurança de um condomínio de Vicente Pires mostram o motociclista na porta do residencial, quando ele tem a moto atingida pelo carro do PM.

Os vídeos apontam a mesma dinâmica relatada pelo motoboy em áudios enviados no WhatsApp. Ele estava no portão de um condomínio, que se abriu. Nessa hora, o tenente-coronel Marcelo Alves tentava sair com o carro. O motoqueiro, então, desiste de entrar, dá ré e chega a frear a moto.

O policial bate na motocicleta parada e, então, inicia aí toda a confusão. Nos áudios, o motoboy relatou que estava entrando no condomínio para fazer uma entrega. “Eu pensando que ele fosse parar para que eu passasse ao lado, mas ele acelerou e bateu na moto”, diz.

Outra câmera de segurança mostra que os dois descem dos veículos e começam a discutir. O motoqueiro cruza os braços enquanto conversa com o PM, que, em menos de dez segundos de conversa, já parte para a agressão e dá um soco no rosto da vítima, ainda de capacete.

O motoboy corre, se protege e atinge Marcelo com o capacete, na tentativa de afastar o militar. O policial chega a derrubar a motocicleta no chão, extremamente enfurecido, e não consegue ser contido por uma mulher que estava no carro com ele.

Oficial da PM persegue motoboy 1

Oficial da PM é flagrado perseguindo motoboy em Vicente PiresImagem cedida ao Metrópoles

briga-policial-motoboy-vicente-pires

Confusão aconteceu na tarde de domingo (13/3), em Vicente PiresReprodução

briga-policial-motoboy-vicente-pires1

Testemunhas disseram que briga teria começado após desentendimento no trânsitoReprodução

briga-policial-motoboy-vicente-pires5

Em vídeo, policial aparece enquanto faz menção a puxar arma da cinturaReprodução

briga-policial-motoboy-vicente-pires6

Os dois entraram em briga física no meio da ruaReprodução

briga-policial-motoboy-vicente-pires4

Policial é tenente-coronel da PMDF e lotado na Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP-DF)Reprodução

briga-policial-motoboy-vicente-pires8

Oficial é mestre em ciência política e especialista em política criminal, segurança pública e direitos humanosReprodução

briga-policial-motoboy-vicente-pires9

Após a briga, o PM anotou a placa da motocicleta e pisou sobre o bagageiro do veículoReprodução

Após anotar a placa da moto, ele sobe e dá pulos no bagageiro até quebrar o equipamento. A coluna Na Mira apurou que o oficial está lotado na Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP-DF) e que tem mestrado em ciência política, com foco em direitos humanos, cidadania e violência. Saiba quem é o tenente-coronel que agrediu o motoboy.

O Metrópoles tentou contato com Marcelo Alves, mas não teve resposta até a última atualização desta reportagem. O espaço segue aberto. Já a Polícia Militar disse que tinha conhecimento do vídeo, mas não confirmou que o agressor do motoboy era o tenente-coronel Marcelo Alves. A PM também alegou que a briga não ocorreu em área militar e, por isso, não se trata de um crime militar.

A conduta do policial será apurada pela Corregedoria da Polícia Militar do Distrito Federal, órgão de origem do servidor. A SSP vai acompanhar o caso.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Globo dá passo atrás e volta com ex-diretor após fracassos de remakes

O remake de Renascer, que está no ar na Globo, não tem tido o...

Gasolina e diesel terão valores reajustados nesta semana

O governo anunciou um aumento nos preços dos combustíveis como parte de uma estratégia...

Como Funciona uma Bomba Pneumática Plástica?

A bomba pneumática diafragma plástica são amplamente utilizadas em diversas indústrias devido à sua...

Vaccari, ex-tesoureiro do PT, volta a influir na Petrobras

Preso pela Lava Jato e solto em 2019, João Vaccari Neto está trabalhando nas...

Mais para você