InícioEditorialEsportesVitória vai buscar reforços no futebol sul-americano para a Série B

Vitória vai buscar reforços no futebol sul-americano para a Série B

O Vitória tem atualmente três jogadores estrangeiros no elenco, o argentino Diego Torres, o uruguaio Nicolás Dibble e o colombiano Santiago Tréllez. E a tendência é que o número de gringos aumente na Série B do Brasileiro. Novo diretor executivo de futebol do clube, Ítalo Rodrigues pretende buscar reforços nos países vizinhos.  

“Eu acompanho muito esse mercado entre Paraguai, Argentina e Uruguai. São os três que eu acompanho mais de perto. Existem sim atletas que estão sendo monitorados e que eu vou analisar”, avisou na tarde desta terça-feira (14), durante sua apresentação oficial. “Mas tenho que conversar com o Léo (Condé, técnico). Não adianta eu achar que um jogador seja quem vai resolver os nossos problemas se ele não tiver as características que o Léo deseja”, completou.

O novo dirigente rubro-negro também já tem ideia do número de dispensas e contratações necessárias para a reformulação de elenco pretendida pelo clube. Atualmente, o Vitória conta com um grupo de 32 jogadores. “A gente acredita que entre oito a dez atletas, possibilidade para menos ou mais”, pontuou. 

“É difícil citar exatamente o número, porque tem muito a ver com disponibilidade do mercado e o que o mercado tem para nos oferecer. Dez dispensas e dez novos contratados podem, dependendo do que o mercado pode oferecer, diante do que a gente tem. Óbvio que a gente precisa ter responsabilidade com a parte financeira do clube, com os contratos assinados, e fazer sim esse grupo da forma mais competitiva possível para fazer a Série B e conquistar o acesso”, completou. 

Ítalo Rodrigues também já tem definido o perfil de atleta que pretende contratar. “O que a gente precisa é de jogadores prontos, de saúde, com força, intensidade, com dinâmica. O elenco que foi montado foi com expectativa de conquistar. Não é fácil, não deu certo, e a gente vai buscar essa reformulação. Acabou a margem de erro. Agora é acertar ou acertar”, pregou.

O Vitória estreia na Série B do Brasileiro em 15 de abril, contra a Ponte Preta, no Barradão. Até lá, o técnico Léo Condé terá um mês para reajustar o time durante a intertemporada forçada. Após eliminações precoces no Campeonato Baiano, Copa do Brasil e Copa do Nordeste, o Leão está com as atenções focadas na preparação para o torneio de acesso. 

A ideia é que os novos reforços cheguem durante esse período, para que o elenco possa estar reformulado e o time ajustado já na estreia da Série B. Para isso, será necessário respeitar a primeira janela de transferência do futebol brasileiro, que se encerra em 4 de abril. A próxima só abre em 3 de julho.  

“A partir do dia 2 de abril, quando encerram as inscrições, a gente precisa entregar isso ao torcedor. É uma competição longa, e a gente tem e cria expectativa, se cobra para que isso aconteça. Começar a Série B com postura diferente, atitude diferente e, sem dúvida, com todos aqueles que a gente vai precisar trazer para somar ao elenco, já bem ambientados, para otimizar o período que a gente tem de treino, que pode ser, sim, bem utilizado, bem trabalhado, pode ser um diferencial”, afirmou Ítalo Rodrigues, que acompanhou no campo parte do treino técnico realizado na Toca do Leão nesta terça-feira. 

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Em despedida do TSE, Moraes diz que atuou contra o “populismo digital”

Sem citar nomes, ministro afirmou que a Corte não se “acovardou” mesmo com críticas...

“70% de certeza”, diz ex-affair sobre possível paternidade de Buda

Nina Capelly, prima de MC Binn, descobriu recentemente que está esperando um bebê. A...

Irmã de Gisele Bündchen decidirá sobre socorro do governo Lula ao RS

Instagram/Reprodução 1 de 1 Gisele Bündchen posa de look marrom e cabelos soltos para...

Mais para você