InícioEditorialPolítica NacionalZema diz que pode concorrer à Presidência em 2026 "se for o...

Zema diz que pode concorrer à Presidência em 2026 “se for o mais viável”

Chefe do Executivo de Minas Gerais afirma que aceitaria se candidatar se governadores de “centro-direita” aprovarem seu nome

“Nós, governadores de centro-direita, temos conversado muito, nos aproximado, e, no que depender de mim, estarei apoiando o nome que o grupo vier a analisar como o mais viável […] Vou participar e se o melhor nome for o meu, eu serei candidato”, disse Zema Sérgio Lima/Poder360 – 9.abr.2020

PODER360 3.jul.2024 (quarta-feira) – 21h45

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), afirmou na 3ª feira (2.jul.2024) que aceitaria concorrer à Presidência nas eleições de 2026 se o seu nome for o melhor.

Segundo ele, os governadores de centro-direita têm discutido possibilidades para indicar um candidato ao pleito. A decisão vai depender de “pesquisas eleitorais e alianças políticas” para encontrar o “nome mais viável”.

“Nós, governadores de centro-direita, temos conversado muito, nos aproximado, e, no que depender de mim, estarei apoiando o nome que o grupo vier a analisar como o mais viável […] Vou participar e se o melhor nome for o meu, eu serei candidato”, disse em live do Ranking dos Políticos no Instagram.

Esta não é a 1ª vez que Zema manifesta a vontade de participar das eleições presidenciais de 2026. Na 3ª feira (25.jun), disse que estuda a possibilidade de ser candidato a vice-presidente em uma chapa com outro candidato da centro-direita.

A inelegibilidade do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) faz com que a oposição tenha que emplacar outro nome para a próxima disputa presidencial. Alguns nomes estão no radar, como Tarcísio de Freitas (Republicanos), governador de São Paulo, e Ronaldo Caiado (União Brasil), governador de Goiás.

Tarcísio já disse que permanecerá no Governo de São Paulo e que não planeja disputar as eleições presidenciais de 2026.

O PP (Partido Progressistas) encomendou um estudo do Paraná Pesquisas que simulou um cenário de disputa do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) com diferentes nomes da direita no país.

A ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro seria a substituta mais estratégica de Bolsonaro, em um empate técnico com o petista. Tarcísio e o governador do Paraná, Ratinho Jr. (PSD), aparecem na sequência como as melhores apostas.

Zema, por sua vez, aparece mais abaixo. Em um possível cenário contra Lula, levaria 34,6% dos votos, enquanto o petista venceria com 44,5%.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Record desmente apresentador após ele dizer que vai para A Fazenda 16

Lourival Ribeiro/SBT 1 de 1 Dudu Camargo no SBT na mão - Metrópoles ...

Lula se pronuncia sobre fala de Maduro: ‘Eles que elejam os presidentes que quiserem’

Durante cerimônia de anúncio de investimentos em obras na Via Dutra e Rio-Santos, na...

Representando a moda masculina, Márcio Souza

O mercado da moda masculina tem tido uma considerável crescente no mercado mundial, mostrando...

Receita Federal divulga dados da arrecadação de junho na 5ª feira

O Fisco trará informações sobre as receitas depois que...

Mais para você