Caravelas: Decisão judicial afasta prefeito e secretários

Uma decisão judicial afastou o prefeito do município de Caravelas Jadson Ruas, sob a acusação do crime de improbidade pela juíza Nêmora de Lima Jansen.

jadsonruas

A decisão ainda afastou procurador jurídico Welberson Silva de Souza, a tesoureira municipal Lucimeire Soares Reis e das pastas de Turismo e Esportes Fábio Negrão Ribeiro de Souza.

Sobre os secretários e o gestor pesa a formulação de irregularidades nas contas vistoriadas pelo Ministério Público Estadual (MPE), referente à realização do verão e carnaval do exercício de 2013. Festejos organizados pela empresa Target Eventos. A empresa venceu o processo licitatório no valor de R$ 1.416.500,00 (hum milhão quatrocentos e dezesseis mil e quinhentos reais).

O MP apurou que o processo de licitação para os festejos em questão apontavam fortes indícios de irregularidades, a exemplo de superfaturamento nos serviços e até mesmo carta direcionada para a vitória da licitação, até mesmo, vistoria de agentes públicos municipais, dentre outras irregularidades.

Em seguida, o MP fez a denúncia e a Justiça aceitou, suspendeu o pagamento dos valores da operação, afastou todos os envolvidos, inclusive sob multa a serem aplicada a cada um dos envolvidos em caso de não cumprimento.

Para assumir a prefeitura municipal deverá ser realizada uma cerimônia de posse para o vice Davi Oliveira, durante a tarde desta terça-feira (04). 

 

Deixe seu comentário