Mãe procura filha biológica distante há mais de 30 anos

A família de Maria José Ferreira Andrade (53 anos) utiliza ferramentas da internet e veículos de notícias, na tentativa de encontrar uma filha da qual perdeu contato há mais de 30 anos.

A triste história iniciou em 1987, período em que a senhora Maria José Ferreira Andrade residia com seu pai no município de Jucuruçu. Na sua narrativa revelou que nesta mesma época descobriu estar grávida, mas seu pai não aceitou a neta. Como era depende teve dificuldade até para efetuar o registro da recém-nascida e após pouco mais de dois meses optou em doar a criança.

Os vários anos passaram, porém o desejo de reencontrar a filha somente aumentou ao longo dessas três décadas. As únicas pistas, referente ao paradeiro da criança, seriam que a pequena teria sido levada por um homem de prenome Sebastião e entregue a uma mulher na cidade de Itamaraju chamada Nalva. A criança de sexo feminino nasceu em 28 de junho de 1987, com pele branca e olhos azuis, possuía ainda uma pequena verruga na orelha semelhante a um brinco, capaz de lhe diferencia como marca de nascença.

O tempo lhe permitiu constituir família e atualmente possui 04 filhos, no entanto, a saudade e desejo de reencontrar sua filha é imenso. Confiante na tecnologia e acreditando em você internauta. Essa mãe busca encontrar sua filha. Se você possuir qualquer informação capaz de ajudar neste encontro, mantenha contato no número (73) 99871-1240, que funciona como WhatsApp.

Deixe seu comentário. Interaja Você Também!