Moto Facil

Polícia terá 32 postos nos dois circuitos do Carnaval

Equipes da PC estarão de plantão 24 horas nos Postos Policiais Integrados (PPIS), Centrais de Flagrante (CFs), Delegacias Especiais de Área (DEA) e postos de unidades especializadas

O folião que precisar dos serviços da Polícia Civil nos circuitos do Carnaval poderá escolher um entre os 32 postos policiais montados para os dias de festa. Delegados, investigadores e escrivães estarão de plantão 24 horas nos 14 Postos Policiais Integrados (PPIS), sete Centrais de Flagrante (CFs), três Delegacias Especiais de Área (DEA) e nos outros oito postos de unidades especializadas montados nos dois circuitos da folia.

O delegado-geral Bernardino Brito Filho afirmou que este foi o modelo encontrado para disponibilizar aos foliões, sejam baianos ou turistas, o que há de melhor da Polícia Civil em termos de atendimento e prestação de serviços. Segundo ele, boa parte dos mais de 2,9 mil policiais escalados para o evento já estão familiarizados  com o trabalho, não só por já terem participado, mas também por terem passado pelo curso Grandes Eventos, da Academia da Polícia Civil (Acadepol).

“A cada evento, o atendimento ao folião no Carnaval vem se aperfeiçoando, permitindo a introdução de novos serviços e melhorando a forma de prestação”, afirma o delegado, que salienta as reuniões de avaliação, importantes para buscar melhorias. “A experiência adquirida também está contribuindo para que nos tornemos mais eficientes no trabalho de repressão aos crimes que ocorram dentro ou fora da folia”, reconheceu Bernardino Brito Filho.

Compartilhados com a Polícia Militar, os Postos Policiais Integrados (PPIs) estão espalhados em pontos estratégicos dois circuitos. No Circuito Osmar/Centro, os seis PPIs estão instalados na Praça Dois de Julho (Campo Grande), no estacionamento do Teatro Castro Alves (TCA), no Gabinete Português de Leitura (Piedade), no Largo de São Bento, na Praça Castro Alves (Gameleira) e no Mirante dos Aflitos.

No Circuito Dodô/Barra, oito PPIs estão montados no Farol da Barra (Museu Náutico), na Rua Alfredo Magalhães, na Rua Marquês de Leão, no estacionamento do Shopping Barra, no Morro do Gato, na Avenida Sabino Silva, na Avenida Oceânica (em frente ao Ondina Apart Hotel) e na Avenida Ademar de Barros (próximo ao monumento das Gordinhas).

As Sete centrais de Flagrante, quatro delas no Circuito Osmar/Centro e três no Circuito Dodô/Barra, contam com um delegado coordenador e vão concentrar todos os procedimentos de lavratura de flagrante e Termos Circunstanciados (TCs) registrados nos dois circuitos. No Circuito Osmar elas estão localizadas na Praça Castro Alves (Gameleira), em frente ao antigo prédio da Polinter (Piedade), no Passeio Público e no Largo dos de Julho.

No Campus da Universidade Federal da Bahia (Ufba), em Ondina, no Vitória Center, e na Avenida Ademar de Barros (ao lado da Escola Santa Terezinha) estão as Centrais de Flagrante do Circuito Dodô. No mesmo circuito, a Polícia Civil disponibilizou uma Delegacia Especial de Área (DEA), na Rua Airosa Galvão.

Outras duas DEAs funcionarão no Passeio Público e em frente ao antigo prédio da Polinter (Piedade), no Circuito Osmar. Um Posto Especial da PC, para atender o efetivo de plantão nos dias de festa está instalado no Vale dos Barris, na região central da cidade.

Para atender as ocorrências envolvendo adolescentes, a Delegacia Para o Adolescente Infrator (DAI) montou duas estruturas no Passeio Público e em frente ao antigo prédio da Polinter (Piedade). No Circuito Dodô, a unidade especializada estará presente na Avenida Ademar de Barros (próximo ao monumento das Gordinhas) e no Shopping Barra (retorno próximo à Avenida Sabino Silva).

Mais três postos do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), na Praça da Piedade (Osmar), Farol da Barra e Avenida Oceânica (Dodô), completam a estrutura montada pela PC para o Carnaval 2017.

Por | Ascom PC

Comentários

Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *