InícioEditorialPolítica NacionalAbraham Weintraub é demitido da Unifesp por faltas injustificadas

Abraham Weintraub é demitido da Unifesp por faltas injustificadas

O ex-ministro da Educação Abraham Weintraub foi demitido de seu cargo de professor na Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) devido a faltas injustificadas. A decisão foi tomada pela CGU (Controladoria Geral da União) e publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira, 7. Weintraub atuava como professor de ciências contábeis desde 2014, mas seus vencimentos já estavam suspensos desde abril do ano passado. Na ocasião, foi aberto um processo administrativo para investigar as faltas injustificadas do ex-ministro, assim como as de sua esposa, Daniela Weintraub, que também era professora na universidade.

Com a demissão, Weintraub fica proibido de exercer funções de confiança no governo federal pelos próximos oito anos. Abraham foi o segundo ministro da Educação durante o governo Bolsonaro. Ele deixou o cargo após 14 meses, depois da divulgação de um vídeo em que chamava os magistrados do STF(Supremo Tribunal Federal) de “vagabundos” durante uma reunião ministerial.

Publicado por Caroline Hardt

*Reportagem produzida com auxílio de IA

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Padilha nega punição a quem assinou pedido de impeachment

Ministro afirmou ser “bizarro” que quem tem indicações no governo tenha assinado pedido; líder...

Bambam parte pra cima de Diego Alemão e briga pode acabar na Justiça

Nessa terça-feira (28//2), durante as gravações do Programa do João, na Band, Kléber Bambam...

Morre Cat Janice, cantora que fez música para garantir futuro do filho

A cantora Cat Janice morreu nesta quarta-feira (28/2), aos 31 anos de idade. Ela...

Mais para você