InícioEditorialPolítica NacionalAlckmin diz ser favorável à entrada do Centrão na base governista

Alckmin diz ser favorável à entrada do Centrão na base governista

O vice-presidente da República, Geraldo Alckmin (PSB), considera importante a entrada do PP e do Republicanos na base do governo. Em evento em São Paulo nesta quinta-feira, 31, ele afirmou que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) está capitaneando a discussão da reforma ministerial. “Eu sou favorável a que tanto o Republicanos quanto o PP participem efetivamente do governo. Acho importante. Nós temos no Brasil um quadro muito fragmentado que, com o tempo vai diminuir, com a cláusula do desempenho. Mas essa não é a realidade de hoje. Sou favorável. O presidente Lula sabe a hora e a maneira de formatar essa boa frente para a governabilidade em torno do projeto”, disse Alckmin. O vice-presidente participou de um seminário sobre Inovação e Desenvolvimento Tecnológico na Fiesp.

Os deputados André Fufuca (PP) e Silvio Costa Filho (Republicanos) são considerados como futuros ministros dentro das articulações entre Centrão e governo. Sobre a reforma na Esplanada. a ministra Luciana Santos, da Ciência, Tecnologia e Inovação, descartou deixar a pasta em uma possível articulação com o ministro Márcio França, que deixaria a pasta de Portos e Aeroportos. “Em nenhum momento, ninguém do centro do governo me abordou sobre qualquer mudança no MCTI”, disse Luciana.

*Com informações do repórter Marcelo Mattos

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Operação policial na Maré suspende aulas em 24 escola e gera apreensão

A Polícia Militar realiza na manhã desta quarta-feira (24) uma operação na Nova Holanda...

Governo anuncia empresas vencedoras de licitação de R$ 200 mi da Secom

Ministério das Comunicações tenta resolver queda de popularidade do governo; as empresas apresentaram plano...

Lira recua e diz que errou ao chamar ministro de Lula de incompetente

Foto: Marcelo Camargo/Arquivo/Agência Brasil Alexandre Padilha 24 de abril de 2024 | 07:37 ...

Mais para você