InícioNotíciasPolíticaAlesp: com voto do PT, bancada da bala comandará Comissão de Segurança

Alesp: com voto do PT, bancada da bala comandará Comissão de Segurança

São Paulo – Oposição ao governo Tarcísio de Freitas (Republicanos), o PT votou para eleger deputados da chamada bancada da bala, formada por parlamentares da base governista, para o comando da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp).

Integrantes da comissão, Eduardo Suplicy e Reis, ambos do PT, votaram no bolsonarista Major Mecca (PL), ex-policial militar, para a presidência do colegiado, nesta quarta-feira (19/4).

A dupla também declarou que irá votar em Delegado Olim (PP), que foi policial civil, para vice-presidente – a escolha do cargo foi adiada para a próxima reunião porque o parlamentar não estava presente.

Os petistas justificaram a escolha como parte de um acordo costurado pelos partidos no colégio de líderes, que reúne as lideranças das bancadas às terças-feiras para definir as pautas de votação da semana.

Na prática, todas as 21 comissões permanentes da Alesp já tiveram os comandos escolhidos pelas bancadas, tornando as votações uma mera formalidade a ser cumprida, assim como a eleição para a presidência da Alesp e os outros cargos da Mesa Diretora da Casa.

Em março, o PT também votou no deputado André do Prado (PL) para a presidência da Assembleia alegando cumprir o acordo de lideranças. Tradicionalmente, os cargos da Mesa Diretora são distribuídos seguindo o tamanho das bancadas, o que deixou o PT, segunda maior bancada da Casa, com a 1ª Secretaria.

PSol se opõe a acordo em duas comissõesA deputada Ediane Maria (PSol) também se candidatou para a presidência da comissão de Segurança Pública, mas recebeu apenas o próprio voto.

Ediane Maria (PSol), Reis (PT) e Eduardo Suplicy (PT) na Comissão de SegurançaO mesmo se repetiu na Comissão de Meio Ambiente, na qual o deputado Guilherme Cortez (PSol) também apresentou uma candidatura de protesto contra a eleição de Ricardo França (Podemos) e do vice Rafael Saraiva (União Brasil).

“Acho que o princípio da proporcionalidade é importante para o bom funcionamento da Casa, desde que envolvendo todos os partidos e não apenas aqueles que votaram no mesmo candidato à presidência da Assembleia”, afirmou Cortez.

O deputado do PSol também ressaltou que a bancada do partido, formada pela federação com a Rede, é a sexta maior da Alesp.

“Mas pela conformação que está se desenhando nas presidências das comissões, não estamos presentes na direção de nenhuma comissão”, lamentou o parlamentar.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Líder da União Europeia critica Milei por falas sobre o governo espanhol

Javier Milei chamou a mulher do presidente espanhol Pedro Sáchez de “corrupta”, durante evento...

Equipes de resgate encontram helicóptero do presidente iraniano

Agência de Notícias da República Islâmica (Irna)/Reprodução 1 de 1 imagem colorida mostra...

Enchentes no RS afetam 2,3 milhões de moradores e causam 157 mortes

As enchentes no Rio Grande do Sul elevaram neste domingo (19) o número de...

Bahia mobiliza especialistas para auxiliar no enfrentamento das enchentes no Rio Grande do Sul

Em resposta à crise hidrológica que afeta o Rio Grande do Sul, o Estado...

Mais para você