InícioEditorialPolítica NacionalAnvisa proíbe venda de mais 109 pomadas capilares

Anvisa proíbe venda de mais 109 pomadas capilares

Pomadas capilares listadas pela Anvisa já não podem mais ser comercializadas Fabio Rodrigues-Pozzebom/ Agência Brasil

PODER360 10.fev.2024 (sábado) – 10h38

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) lançou na 6ª feira (9.fev.2024) um painel de consulta de pomadas capilares autorizadas. A agência ainda proibiu a venda e o uso de mais 109 produtos do tipo para cabelo. Em 2023, o órgão já havia cancelado 3.007 pomadas.

A norma foi publicada no Diário Oficial da União e já entrou em vigor. As mercadorias listadas não podem mais ser comercializadas.

A plataforma para consulta pode ser usada por consumidores e profissionais e acessada tanto por em computadores como em aparelhos celulares. Acesse aqui.

A ferramenta permite que a consulta seja feita por meio das seguintes informações:

nº do processo; nome do produto; nº do CNPJ; e empresa responsável. No painel, também é possível denunciar produtos irregulares e notificar reações aos mesmos.

Em comunicado, a Anvisa afirmou que a medida faz parte das ações da agência para garantir produtos seguros.

Além disso, a agência reforçou os cuidados que os consumidores devem ter:

Não utilizar produtos irregulares não autorizados pela Anvisa; Ler atentamente ao rótulo do produto e seguir as orientações do fabricante; Evitar o uso excessivo desses produtos; Realizar um teste de alergia em uma pequena área da pele antes de aplicar o produto; Evitar o contato do produto com os olhos –se o produto escorrer para a região, lavar os olhos com água corrente por 15 minutos; e Não usar o produto se estiver com a pele, os olhos ou outra parte do corpo com irritação.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Nikki Haley vence primárias republicanas na capital dos EUA

Conquista no distrito de Columbia é a 1ª da ex-representante do país na ONU...

Equipe de Pitel rebate acusações de ex-mulher de Lucas, Camila Moura

Após a ex-mulher de Lucas Henrique, o Buda, soltar o verbo nas redes sociais...

Quem é o brasileiro suspeito de planejar ataques a judeus no DF

Goiânia – Investigações conduzidas pela Polícia Federal (PF) descobriram que o grupo terrorista libanês Hezbollah recrutou brasileiros para ataques...

Mais para você