InícioNotíciasPolíticaAplicação de vacina bivalente começa esta 2ª no DF. Veja locais

Aplicação de vacina bivalente começa esta 2ª no DF. Veja locais

A partir desta segunda-feira (27/2), o Distrito Federal inicia a aplicação da versão bivalente da vacina da Pfizer contra a Covid-19. O imunizante estará disponível em 84 Unidades Básicas de Saúde, com funcionamento das 8h às 17h, e em um drive-thru. Neste primeiro momento, apenas pessoas com 70 anos ou mais e outros grupos específicos poderão receber a vacina.

Segundo a Secretaria de Saúde do DF (SES-DF), esta primeira fase da vacinação será exclusiva para quem tem mais de 70 anos, pessoas em instituições de longa permanência com 12 anos ou mais e os trabalhadores dessas instituições, além de imunocomprometidos, moradores de comunidades indígenas, ribeirinhos e quilombolas.

No DF, aproximadamente 190 mil pessoas se enquadram nesses grupos. Confira os endereços dos locais de aplicação da vacina bivalente.

Para se imunizar, é necessário levar documento de identificação e, se possível, o cartão de vacina com registro das doses já recebidas. As pessoas imunocomprometidas também precisam levar laudo ou relatório médico comprobatório de sua situação.

A Pfizer bivalente será aplicada a partir de quatro meses da segunda dose ou da última dose de reforço. Quem não tiver recebido a primeira ou a segunda dose terá que iniciar o esquema vacinal com a monovalente, também disponível em unidades da Secretaria de Saúde (SES). A vacina bivalente oferece proteção contra a variante original do vírus causador da Covid-19 e contra as cepas que surgiram depois, como a Ômicron.

FasesA segunda etapa da vacinação com a bivalente terá como prioridade pessoas de 60 a 69 anos de idade. A terceira incluirá gestantes e puérperas. Já a quarta fase abrangerá trabalhadores da saúde, pessoas com deficiência permanente a partir dos 12 anos, população prisional, adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas e funcionários do sistema prisional e socioeducativo.

A vacinação irá avançar à medida que o DF receber novas doses do Ministério da Saúde. As novas datas da campanha ainda serão divulgadas.

Classificação de imunossuprimidosDe acordo com o Plano de Operacionalização da Vacinação contra a covid-19 do Ministério da Saúde, entende-se por imunocomprometidos os cidadãos que se enquadram em alguma dessas condições:

Pessoas com imunodeficiência primária grave (erros inatos da imunidade);Pacientes em quimioterapia para câncer;Pacientes transplantados de órgãos sólidos ou de células tronco hematopoiéticas (TCTH) em uso de drogas imunossupressoras;Pessoas vivendo com HIV/Aids;Pacientes em uso de corticoides em doses ≥20 mg/dia de prednisona, ou equivalente a ≥14 dias;Pacientes em uso de drogas modificadoras da resposta imune;Pacientes com doenças autoinflamatórias ou doenças intestinais inflamatórias;Pacientes em hemodiálise; ePacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Trens de carga China-Europa registram volume recorde em maio

Viagens aumentaram 14% em termos anuais, para 1.724, e volume de mercadorias cresceu 13% ...

Gretchen se pronuncia após morte de Chrystian, seu 1º marido; veja

Chrystian morreu na última quarta-feira (20/6) e, desde então, a expectativa sobre um pronunciamento...

Senado aprova idade máxima para veículos de autoescolas

Motocicletas podem ter até 8 anos, automóveis até 12 anos e transportes de carga...

Polêmica: saiba como funcionam as leis de aborto mundo afora

O debate relativo ao aborto no Brasil ganhou atenção de toda a sociedade civil...

Mais para você