InícioEditorialEsportesAtlético de Madrid condena racismo após torcida ameaçar Vini Jr

Atlético de Madrid condena racismo após torcida ameaçar Vini Jr

O Atlético de Madrid se pronunciou após a ameaça feita por seus torcedores a Vini Jr, do Real Madrid. Antes do confronto entre os times, pelas quartas de final da Copa do Rei, um boneco representando o atacante brasileiro foi pendurado enforcado em uma ponte da cidade. Em nota oficial divulgada nesta quinta-feira (26), o clube condenou o ato de racismo.

“Fatos assim são absolutamente repugnantes e inadmissíveis e constrangem a sociedade. A nossa condenação de qualquer ato que atente contra a dignidade de pessoas ou instituições é contundente e categórica”, disse, em nota.

O Real Madrid também divulgou comunicado sobre o episódio, manifestando apoio a Vinicius Junior e pedindo punição aos envolvidos. “O Real Madrid está confiante de que expurguem todas as responsabilidades daqueles que participaram de um ato tão desprezível”.

A CBF também se posicionou e condenou o ataque ao jogador. “A CBF repudia veementemente os atos racistas sofridos mais uma vez por Vini jr. A intolerância e a discriminação não fazem parte do esporte e devem ser extintas da sociedade. Esperamos que os responsáveis sejam identificados e punidos perante a lei”.

“Que você siga sempre bailando, driblando e, acima de tudo, com esse sorriso no rosto, Vini! Nós estamos com você”, completou a entidade nacional.

Presidente da LaLiga, organizadora do Campeonato Espanhol, Javier Tebas usou seu perfil pessoal para comentar o caso, e mandou um aviso aos criminosos. 

“Uma mensagem para aqueles que se refugiam à noite para cometer crimes de ódio, vamos localizá-los, vamos obter condenações, para que acabem na cadeia, que é onde deveriam estar. Basta já!”, escreveu.

O perfil da LaLiga nas redes sociais também pediu punição aos responsáveis. “Condenamos energicamente os atos de ódio contra Vinicius Junior. A intolerância e a violência não cabem no futebol. Como em ocasiões anteriores, LaLiga vai exigir a investigação dos responsáveis, solicitando as sanções penais mais severas”.

A Real Federação Espanhola de Futebol também se manifestou sobre o caso de racismo, “lamentando veementemente e condenando o ato intolerável”. A entidade ainda enviou “mensagem de apoio a Vinicius, diretamente ameaçado pelos radicais de forma deplorável”.

“Esse tipo de manifestação, carregada de ódio, só incentiva a violência e não tem lugar em nosso esporte. O futebol deve ser vivido com paixão, mas sempre respeitando os jogadores, o adversário e os torcedores. É inaceitável este tipo de vandalismo que em nada ajuda ao bom andamento de uma festa tão bonita como pode ser o dérbi de Madri”, diz o comunicado no site da Federação.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Bivar tenta adiar eleição para a presidência do União Brasil

Atual presidente quer se manter no cargo, mas tem pouco apoio interno; político quer...

Conselho do Atlético-MG Aprova Aporte Significativo de R$ 200 Milhões

Foto:Pixabay O Conselho Deliberativo do Atlético-MG deu o sinal verde para um aporte financeiro substancial...

Inscrições para o concurso da Caixa começam nesta quinta-feira (29/2)

Rafa Neddermeyer/Agência Brasil 1 de 1 Foto colorida de Prédio da Caixa Econômica Federal,...

Teste identifica risco de câncer no esôfago anos antes dos sintomas

O câncer de esôfago é diagnosticado em 11 mil pessoas a cada ano no...

Mais para você