InícioEditorialBahia despacha o Santos nos pênaltis e está nas quartas da Copa...

Bahia despacha o Santos nos pênaltis e está nas quartas da Copa do Brasil

Pode comemorar, torcedor: o Bahia está nas quartas de final da Copa do Brasil. A classificação veio de forma dramática, mas o Esquadrão venceu o Santos nos pênaltis por 4×3, e carimbou o passaporte para a próxima fase do mata-mata nacional. O jogo, disputado na noite desta quarta-feira (31), na Arena Fonte Nova, terminou empatado em 1×1 no tempo normal.

Os dois gols foram marcados no segundo tempo. Cauly abriu o placar aos 23 minutos, mas Bruno Mezenga deixou tudo igual para o Peixe nos acréscimos, levando a decisão aos pênaltis. Nas cobranças, coube a Marcos Felipe ser o herói: o goleiro defendeu dois chutes, de Camacho e do mesmo Bruno Mezenga, e garantiu a vaga ao Bahia. Pelo lado tricolor, Ademir parou em João Paulo.

O próximo adversário do Esquadrão na Copa do Brasil será conhecido por meio de sorteio, em data que ainda será divulgada pela CBF. As quartas de final estão marcadas para as semanas dos dias 5 e 12 de julho. Por avançar à próxima fase, o Bahia garante mais R$ 4,3 milhões em premiações. Se chegar até a semifinal, leva mais R$ 9 milhões.

Apesar da vaga, o Bahia ganhou duas preocupações: Jacaré e Biel. Diante do Santos, os jogadores sentiram dores na coxa e precisaram ser substituídos, um em cada tempo. Eles serão reavaliados nos próximos dias.

O tricolor agora vira a chave e volta suas atenções para o Brasileirão, onde ocupa o 16º lugar na tabela, na porta do Z4. No próximo sábado (3), o time do técnico Renato Paiva enfrenta o Fortaleza, fora de casa, às 16h, pela 9ª rodada.

O jogo

Como esperado, o técnico Renato Paiva repetiu a escalação usada no jogo de ida contra o Santos. Sem poder contar com Thaciano, que já disputou a atual edição da Copa do Brasil pelo Grêmio, o treinador optou por Acevedo no meio. Na lateral-esquerda, Chávez foi vetado pelo departamento médico em decorrência de dores no tornozelo, e Ryan foi o escolhido.

Se o Bahia criou boas chances no primeiro tempo do duelo de ida, o mesmo não foi visto na etapa inicial na Fonte Nova. O Esquadrão errava muito e pouco levava perigo ao gol do Santos. A primeira oportunidade aconteceu só aos 11 minutos, quando Jacaré desarmou Lucas Pires, acelerou e achou Everaldo, no canto. O atacante girou e chutou, só que a bola saiu fraca e João Paulo defendeu.

Aos 13, o tricolor chegou a abrir o placar. Rezende fez um lindo lançamento para Biel, que recebeu entre os zagueiros, dominou com categoria e soltou a bomba para o fundo da rede. Mas não valeu: a arbitragem marcou impedimento e anulou o gol.

Por outro lado, o Bahia conseguiu travar os lados de campo, ponto forte do Santos. Assim, o Peixe também tinha dificuldades em construir jogadas, e criou menos ainda. Chegou com perigo apenas aos 15, quando Soteldo invadiu a área e arriscou, por cima do gol. Antes, o mesmo jogador já havia tentado em cobrança de falta, acertando a barreira.

Na reta final do primeiro tempo, mais uma ótima chance do Esquadrão. Biel cobrou falta, Kanu subiu e cabeceou no canto. Mas João Paulo fez uma grande defesa e impediu o gol tricolor.

O segundo tempo demorou a engrenar, começando com poucas chances para as equipes. Mas, aos poucos, o Bahia foi crescendo, passando a aparecer mais nas jogadas de ataque. Aos 19 minutos, Cauly achou Everaldo na entrada da área. O camisa 9 matou no peito e finalizou, mandando ao lado do gol de João Paulo.

Quatro minutos depois, a blitz deu certo e o Esquadrão abriu o placar. Everaldo roubou a bola de Rodrigo Fernández na linha lateral, dominou e cruzou para Ademir finalizar. João Paulo defendeu, mas deu rebote – e Cauly aproveitou: o camisa 8 ajeitou e acertou um lindo chute no fundo da rede: 1×0 para o Bahia na Fonte Nova, aos 23 minutos.

Depois de sofrer o gol, o Santos passou a martelar. Aos 32, o Peixe fez o Esquadrão passar sufoco depois de uma falha de Marcos Felipe, que errou na saída de bola. Deivid Washington tentou o empate, mas chutou por cima do gol. Um minuto depois, Ângelo deu ótimo lançamento para Lucas Pires, que finalizou mal. Aos 37, o camisa 11 arriscou da entrada da área, mas errou a mira.

Aos 41, o Bahia ficou perto de ampliar. Ademir puxou o contra-ataque e avançou. O atacante tricolor poderia ter dado o passe, mas preferiu arriscar. Não deu certo, e Dodi apareceu para dar o bote.

No fim das contas, quem fez o gol foi o Santos. Aos 49 minutos, Soteldo cobrou escanteio e Bruno Mezenga mandou de cabeça para empatar: 1×1, levando a decisão aos pênaltis.

Cauly começou as cobranças e converteu. Soteldo e Mugni vieram depois e também acertaram. Na vez de Mendoza, Marcos Felipe chegou a tocar na bola, mas a redonda morreu no fundo da rede. Depois de Acevedo, Patati e Vitor Hugo acertarem, o goleiro do Bahia defendeu o chute de Camacho. Na sequência, porém, Ademir parou em João Paulo. Mas o momento era mesmo de Marcos Felipe: ele pulou no canto direito, impediu o pênalti de Bruno Mezenga e classificou o Bahia às quartas de final.

FICHA TÉCNICA
 
Bahia 1×1 Santos – 4×3 nos pênaltis – Copa do Brasil (oitavas de final – volta)

Bahia: Marcos Felipe, Kanu, David Duarte e Vitor Hugo; Jacaré (Cicinho), Acevedo, Rezende, Cauly e Ryan (Lucas Mugni); Biel (Ademir) e Everaldo (Diego Rosa). Técnico: Renato Paiva. 

Santos: João Paulo, Gabriel Inocêncio (Weslley Patati), Joaquim, Messias e Lucas Pires (Nathan); Rodrigo Fernández (Camacho), Dodi e Lucas Lima (Ângelo); Mendoza, Deivid Washington (Bruno Mezenga) e Soteldo. Técnico: Odair Hellmann.

Estádio: Arena Fonte Nova
Gol: Cauly, aos 23 minutos do segundo tempo; Bruno Mezenga, aos 49 minutos do segundo tempo;
Cartão amarelo: Acevedo, Cicinho e Kanu, do Bahia; Rodrigo Fernández, do Santos;
Público: 34.743 torcedores pagantes
Renda: R$ 1.036.925,00
Arbitragem: Bruno Arleu de Araújo (RJ), auxiliado por Nailton Júnior de Sousa Oliveira (CE) e Luiz Claudio Regazone (RJ).
VAR: Rodrigo D’Alonso Ferreira (SC)

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Alckmin diz que homeschooling é proposta “racista”

Presidente interino afirma que modelo foi implementado para isolar...

Leilão de trem SP-Campinas testa eficácia de “roadshow” de Tarcísio

São Paulo — Pouco mais de duas semanas após fazer um tour europeu para...

Transferências via DOC e TEC deixam de existir nesta quinta-feira

Um dos meios mais tradicionais de transferência bancária chega ao fim nesta quinta-feira, 29,...

Alckmin volta a dizer que Lula “salvou” a democracia

Presidente em exercício declarou que só é democrata quem...

Mais para você