InícioEntretenimentoCelebridadeBandidos se passam por juízes, fraudam alvarás e faturam R$ 4 milhões

Bandidos se passam por juízes, fraudam alvarás e faturam R$ 4 milhões

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta terça-feira (19/3) a operação Juízo Paralelo III, para desarticular uma rede de doleiros que prestou auxílio na lavagem de capitais para uma quadrilha interestadual que fraudou alvarás da Justiça Trabalhista do Rio de Janeiro (TRT 1) com utilização de certificados digitais falsos em nome de magistrados.

Cerca de 40 policiais federais cumprem nove mandados de busca e apreensão, expedidos pela 8ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, em endereços localizados nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Santa Catarina.

Segundo a PF, a soma dos valores que se pretendia sacar com os alvarás falsificados é de aproximadamente R$ 62 milhões, tendo havido o efetivo prejuízo à União de R$ 4 milhões com saques indevidos por meio de alvarás fraudulentos.

A corporação ressaltou que as buscas visam apreender dinheiro, veículos e bens de alto valor a fim de ressarcir os cofres públicos.

Ainda de acordo com a PF, há indícios de que a organização criminosa também atuou em Sergipe (TJ/SE), Paraná (TJ/PR) e Santa Catarina (TRT 11).

Os investigados responderão pelos crimes de organização criminosa, lavagem de dinheiro, estelionato qualificado, falsidade ideológica e falsidade de documento público, com penas que, somadas, podem chegar a 30 anos de prisão.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Como Escolher o Óleo de Motor Adequado para o Seu Carro: Dicas e Recomendações

Quando se trata de manutenção do seu veículo, escolher o óleo de motor correto...

Política fiscal é um desastre e o marco é uma piada, diz Caiado

Governador de Goiás critica o novo marco fiscal e o governo por “querer ganhar...

Cármen Lúcia mantém decisão que condenou Deltan Dallagnol a indenizar Lula por PowerPoint

Foto: Bruno Spada/Câmara dos Deputados O ex-procurador e deputado federal cassado Deltan Dallagnol 22...

Cuckold: Brasília é uma das cidades que mais tem “cornos”; entenda

A maioria das pessoas não gostaria de ser corno — até mesmo os solteiros...

Mais para você