InícioEditorialPolítica NacionalBarroso nega pedido de liberdade de Anderson Torres

Barroso nega pedido de liberdade de Anderson Torres

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou nesta sexta-feira, 28,  o pedido de liberdade ao ex-secretário de Segurança do Distrito Federal, Anderson Torres. No despacho, o magistrado argumenta que o habeas corpus apresentado pela defesa não pode ser reconhecido, uma vez que há entendimento consolidado na Corte sobre a inadequação do HC para impugnar ato de ministros. “Nessas condições, não há alternativa senão julgar extinto o processo, sem resolução do mérito, por inadequação da via eleita. Diante do exposto, com base no art. 21, § 1º, do RI/STF, não conheço do habeas corpus. Sem prejuízo disso, determino o encaminhamento de cópia desta decisão ao gabinete da autoridade apontada como coatora”, afirma.

Como a Jovem mostrou, o magistrado foi sorteado relator do habeas corpus impetrado pela defesa, que cita laudo psiquiátrico apontando risco de suicídio e os seguintes sintomas no ex-secretário: crises de ansiedade, expressão de palavras sem nexo e comentários de desânimo com a manutenção de sua vida, com risco de suicídio. Anderson Torres está detido desde o dia 14 de janeiro após retornar dos Estados Unidos. Ele é investigado por suposta omissão durante as investigações sobre as invasões à sede dos Três Poderes, em Brasília, Torres alegou através de sua defesa ter tido uma piora em seu quadro de saúde mental e questionou as recentes decisões do ministro Alexandre de Moraes, que também já havia decido pela manutenção da prisão preventiva.

Em nota encaminhada ao site da Jovem Pan, a defesa de Anderson Torres falo que a confiança na Justiça é inabalável e exaltou que o respeito ao Supremo Tribunal Federal “é incondicional”. “Apesar da urgência que a situação reclama, respeitamos a decisão do ministro Barroso. Diante da piora significativa do quadro clínico do Sr. Anderson Torres e severas crises ocorridas na semana, a defesa ingressará com recurso no prazo legal”, diz o comunicado. “Destacamos mais uma vez o espírito cooperativo da defesa e a certeza de que o maior interessado na apuração célere dos fatos é o Sr. Anderson Torres”, conclui.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Medidas às empresas são insuficientes e não chegam, diz Fecomércio-RS

O presidente da entidade, Luiz Carlos Bohn, afirmou que, apesar dos anúncios feitos pelos...

PL lança ofensiva contra as duas únicas prefeituras do PT no RJ

O PL lançou uma ofensiva contra as duas únicas prefeituras do Rio de Janeiro...

Mulher é presa por atacar jovem com soda cáustica por ciúme

A Polícia Militar do Paraná prendeu a suspeita de atacar a jovem Isabelly Aparecida...

Magda é a 12ª chefe da Petrobras desde o 1º mandato de Lula

Em média, comandantes da maior estatal do Brasil têm se segurado no cargo por...

Mais para você