InícioEditorialPolítica NacionalBolsonaro aposta em Nunes Marques para tentar se salvar em julgamento do...

Bolsonaro aposta em Nunes Marques para tentar se salvar em julgamento do TSE

Ex-presidente corre o risco de ficar inelegível; estratégia da defesa é aproveitar possível pedido de vista e recesso do Judiciário para articular com o tribunal

ANDRé RIBEIRO/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

O presidente Jair Bolsonaro será julgado no dia 22 de junho pelo TSE, em ação apresentada pelo PDT

Jair Bolsonaro e sua defesa articulam com o ministro Kássio Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal (STF) — e agora também integrante do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) —, um pedido de vista no julgamento na Corte Eleitoral que irá decidir se Bolsonaro perderá seus direitos políticos por oito anos. As informações são do repórter Bruno Pinheiro, da Jovem Pan News. O julgamento está marcado para o próximo dia 22, em ação apresentada pelo PDT, e irá analisar a conduta do ex-presidente em reunião com embaixadores na qual ele criticou as urnas eletrônicas. Bolsonaro é acusado de abuso de poder político, com desvio de finalidade, e uso indevido dos meios de comunicação e abuso, já que a reunião foi transmitida pelos canais oficiais do governo.

A estratégia da defesa de Bolsonaro, caso Nunes Marques se comprometa a ajudar no julgamento, é aproveitar o prazo de 60 dias estabelecido pelo pedido de vista, além do período de recesso do judiciário, marcado para julho. Com isso, o ex-presidente ganharia mais três meses para trabalhar sua defesa e articular com o restante da corte do TSE um resultado que não o torne inelegível. Nunes Marque foi um dos ministros indicados por Bolsonaro a uma vaga no STF durante o seu governo. Em parecer assinado em abril pelo vice-procurador-geral eleitoral, Paulo Gonet Branco, o Ministério Público Eleitoral (MPE) se manifestou a favor da inelegibilidade do ex-presidente, entendendo que o discurso de Bolsonaro aos embaixadores atacou as instituições eleitorais.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Após seca histórica, indústria do AM acende alerta para clima em 2024

Meses após a seca histórica no Rio Negro, em Manaus, capital do Amazonas, a...

Governador liga para Lewandowski após ataques com mortes no Ceará

Elmano de Freitas (PT) diz não descartar pedir apoio do governo Lula para reforçar...

Venda agressiva e Gusttavo Lima na propaganda: o que é a Gav Resorts

Com vendedores gravados fazendo promessas “estratosféricas” de investimentos e turistas reclamando de abordagens predatórias,...

2 ministros não reconhecem ligação de Jefferson com 8 de Janeiro

Para Nunes Marques e André Mendonça, ofensas do ex-deputado descritas por Moraes não o...

Mais para você