InícioEditorialPolítica NacionalBrasil teve 105 ônibus queimados em 2023, maior registro em 4 anos

Brasil teve 105 ônibus queimados em 2023, maior registro em 4 anos

RJ concentra 43% dos casos e lidera ranking nos Estados, diz associação; dados consideram transportes públicos urbanos

Foram 9 ônibus incendiados até 29 de janeiro de 2024; na imagem, veículo incendiado em Brasília em 2022 Sérgio Lima/Poder360 – 12.dez.2022

Gabriel Benevides 30.jan.2024 (terça-feira) – 14h35

Com 105 ocorrências em 2023, o número de ônibus de transporte urbano público coletivo queimados no Brasil aumentou 67% em comparação com o ano anterior. Os dados são de um levantamento da NTU (Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos). Eis a íntegra (PDF – 142 kB).

Os registros de coletivos incendiados estavam em queda desde 2018. O resultado de 2023 interrompeu o ciclo e representou a maior estatística desde 2019.

Já foram 9 ônibus queimados em 2024. Leia abaixo o histórico de casos:

O pico de ônibus queimados se deu em 2014, quando manifestantes depredaram os transportes públicos em protestos contra o governo de Dilma Rousseff (PT). Totalizaram 657 casos.

As ocorrências de 2020 e 2021 naturalmente são mais baixas. A circulação dos veículos foi limitada por causa do isolamento social provocado pela pandemia. 

A NTU considerou ônibus coletivos de transporte público municipal e metropolitano para o levantamento –aqueles utilizados no cotidiano pela população. Apesar do nome, esses veículos costumam ser operados por empresas privadas que têm a concessão do serviço. Veículos usados para turismo e para viagens interestaduais não entram na conta.

NOS ESTADOS O Rio de Janeiro tem 43% dos incêndios a coletivos em 2023. Foram 45 no Estado ao longo do ano. Nos ataques de outubro, 25 ônibus do tipo foram destruídos pelo fogo. Outros 10 veículos de turismo e fretamento sofreram com os incêndios (estes não entraram no levantamento), totalizando 35 queimados.

O 2º lugar no ranking das unidades da Federação fica com São Paulo, com 15 casos. O valor é 3 vezes menor que o 1º colocado.

O Nordeste também se destaca na lista. O Rio Grande do Norte e a Bahia tiveram 10 registros cada. Houve um aumento de violência em ambas as unidades da Federação ao longo de 2023 por causa do crime organizado.

Minas Gerais (10) e Espírito Santo (5) também estão na contagem de Estados brasileiros com ônibus queimados em 2023. O Sudeste é a única região com casos em sua totalidade. 

De todas as UFs, 16 não registraram ataques a fogo nos transportes coletivos em 2023. 

Ao considerar o acumulado da série histórica, iniciada em 2004, o Sudeste concentra a maior parte das ocorrências. São Paulo lidera (785), seguido pelo Rio (665) e por Minas Gerais (450).

CRIME, SEGURANÇA E ELEIÇÕES Como o Poder360 mostrou nesta reportagem, a destruição dos ônibus com incêndios é uma questão relacionada à segurança pública do país. Muitos dos casos são ligados a atos do crime organizado. 

Estados que estão entre os mais afetados da lista passaram por momentos de violência em 2023: 

Rio Grande do Norte – facções criminosas promoveram ataques no Estado em março. Durou dias em diversas cidades;  Bahia – foi alvo de diversas operações policiais em regiões periféricas em agosto. A polícia fala em combate ao crime organizado; Rio de Janeiro – criminosos queimaram 35 ônibus (25 coletivos públicos e 10 de turismo) depois da prisão de um miliciano em outubro. Ainda há os impactos políticos da decisão. O governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) precisa conquistar a confiança da população em relação a suas políticas para segurança, vistas como brandas e coniventes pela oposição. Um aumento no número de ônibus queimados pode pesar negativamente para a gestão petista.

Os candidatos nas eleições municipais–especialmente os que tentam reeleição– terão que se atentar cada vez mais a questões de segurança pública envolvendo suas cidades. Partidos de esquerda, que costumam ter mais força no Nordeste, podem perder prefeituras a depender da situação dos municípios da região.

Informações desta reportagem foram publicadas antes pelo Drive, com exclusividade. A newsletter é produzida para assinantes pela equipe de jornalistas do Poder360. Conheça mais o Drive aqui e saiba como receber com antecedência todas as principais informações do poder e da política.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Janja se encontra com primeira-dama da Guiana

Conversaram sobre iniciativas públicas de dignidade menstrual e igualdade de gênero nos 2 países ...

Mutirão Contra a Dengue ocorreu em bairro teixeirense nesta quarta (28)

A Prefeitura Municipal de Teixeira de Freitas, através da Secretaria de Saúde, promoveu nesta...

Boninho dá bronca geral no BBB 24: “Psicóloga ficou brava”

As coisas ficaram tensas dentro da casa mais vigiada do Brasil na tarde desta...

Quantos dias duram sintomas da dengue? Médico explica fases da doença

O Brasil caminha a passos largos para atingir a marca de 1 milhão de...

Mais para você