InícioEditorialPolítica NacionalCid pediu para sair da lista de promoções do Exército, diz defesa

Cid pediu para sair da lista de promoções do Exército, diz defesa

Segundo advogados, o ex-ajudante de ordens de Bolsonaro solicitou que fosse promovido só após o fim de investigações da PF

O tenente-coronel Mauro Cid em depoimento à CPI dos Atos Antidemocráticos da CLDF (Câmara Legislativa do Distrito Federal) Sérgio Lima/Poder360 – 24.ago.2023

Caio Vinícius Luísa Carvalho 3.mai.2024 (sexta-feira) – 21h06

O ex-ajudante de ordens de Jair Bolsonaro (PL), Mauro Cid, saiu da lista de promoções do Exército a pedido próprio. É o que disse nesta 6ª feira (3.mai.2024) ao Poder360 os advogados Cezar Bittencourt e Wanda Bittencourt. Segundo a defesa, o tenente-coronel deseja estar apto para a promoção só depois de finalizadas as investigações da PF (Polícia Federal) contra ele.

Cid deixou a prisão nesta 6ª feira (3.mai) depois de quase 2 meses. Mais cedo, o ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), concedeu liberdade provisória ao tenente-coronel sob uso de tornozeleira eletrônica. 

O militar foi preso em 22 de março por descumprimento de medidas cautelares e obstrução à Justiça. A prisão foi realizada depois de Cid prestar depoimento no STF sobre áudios obtidos pela revista Veja. 

Foi a 2ª vez que Cid esteve preso. Antes, ficou detido de maio a setembro de 2023 por fraudar cartões de vacinação. Nas duas vezes, ficou no Batalhão de Polícia do Exército de Brasília. 

Na decisão desta 6ª feira (3.mai), Moraes também manteve integralmente o conteúdo da delação premiada de Mauro Cid. Ele também determinou que as seguintes medidas cautelares contra o militar:

uso de tornozeleira eletrônica; limitação para sair de casa aos finais de semana e à noite; afastamento das funções no Exército; apresentação em 48 horas à comarca de origem e, posteriormente, de forma semanal às segundas-feiras; proibição de sair do país e entrega do passaporte em 5 dias; suspensão de porte de arma e de registro CAC (Colecionador, Atirador Desportivo e Caçador); proibição de uso das redes sociais; proibição de se comunicar com demais investigados no caso, com exceção para a mulher, seu pai e sua filha.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Casamento de filha de Ciro Nogueira tem show de Wesley Safadão em SP

Eliane Nogueira e Pedro Henrique Brito comemoraram a união na Fundação Maria Luisa e...

Jovem autista desaparecido no Entorno do DF é encontrado

Reprodução 1 de 1 lucas-autista-desaparecido -...

Fiocruz diz que cerca de 3.000 instalações de saúde no Rio Grande do Sul foram afetadas pelas enchentes

Um levantamento recente realizado pela Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) trouxe à tona uma realidade...

Anatel aprova novo sistema de alertas de emergência

Aviso aparecerá sobreposto às telas abertas nos celulares; utilização ainda depende de treinamento com...

Mais para você