InícioEditorialPolítica NacionalCid recua sobre ter sido coagido a falar após áudios irritarem Moraes;...

Cid recua sobre ter sido coagido a falar após áudios irritarem Moraes; militar saiu preso

Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

O tenente-coronel Mauro Cid, ex-ajudante de ordens de Jair Bolsonaro (PL) 22 de março de 2024 | 20:15

O tenente-coronel Mauro Cid confirmou ao STF (Supremo Tribunal Federal) nesta sexta-feira (22) o teor dos depoimentos de sua colaboração premiada e negou que tenha sido coagido pela Polícia Federal a dar as declarações.

Com a oitiva, o ex-ajudante de ordens de Jair Bolsonaro (PL) recua do tom adotado em áudios revelados pela revista Veja nos quais ele acusa a PF de pressioná-lo a dar a uma versão específica dos fatos e critica o ministro Alexandre de Moraes, relator do caso na corte.

Cid, por sua vez, se recusou na oitiva a dizer com quem conversava no momento em que deu as declarações, algo que os investigadores queriam saber. O diálogo teria ocorrido por mensagens no WhatsApp.

O tenente-coronel foi chamado a prestar o depoimento no dia seguinte à revelação dos áudios. Logo após a audiência no STF, ele acabou preso preventivamente pela segunda vez. A PF também cumpriu um mandado de busca e apreensão na sua casa.

Segundo integrantes da PF, o tenente-coronel feriu o acordo de confidencialidade da colaboração premiada, o que foi considerado como o descumprimento de uma medida cautelar. Ele fez isso, avaliam investigadores, para tentar atrapalhar a apuração, sendo suspeito de obstrução de Justiça.

O Supremo também informou que está sob análise a homologação da delação feita pelo militar, já que os termos não foram tratados pela corte e, sim, pelos investigadores.

A medida ocorreu após Cid prestar depoimento no Supremo, conduzido pelo desembargador Airton Vieira, juiz instrutor do gabinete do ministro Alexandre de Moraes.

Funcionários do tribunal informaram que Cid passou mal e desmaiou ao saber da ordem de prisão, mas logo depois se recuperou. Ele chegou a ser atendido por brigadistas no local.

Julia Chaib/Folhapress

Comentários

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Reforma tributária assegura isenção para taxistas e motoristas de Uber

Profissionais poderão comprar carros com alíquota zero; a regulamentação também beneficia frutas, ovos e...

Jorge Solla completa lista tríplice para relatar cassação de Brazão

Foto: Lula Marques/ Agência Brasil Jorge Solla (BA) substitui a deputada Rosângela Reis...

Mãe que ameaçou professora deu “carteirada” citando Nikolas Ferreira

A mãe que ameaçou uma professora do Distrito Federal e a acusou de “doutrinar”...

Sarney reúne do governo à oposição para comemorar 94 anos

Ex-presidente recebeu convidados em sua casa para festa de aniversário em Brasília e mostrou...

Mais para você