InícioCom dados desatualizados, 400 mil caminhoneiros podem não ter auxílio

Com dados desatualizados, 400 mil caminhoneiros podem não ter auxílio

Quase 400 mil caminhoneiros podem ficar sem receber o auxílio criado para a categoria porque estão com os dados desatualizados.

O benefício caminhoneiro, no valor de R$ 1 mil, começou a ser pago neste mês e vai até dezembro. O recurso é destinado a todos os transportadores autônomos com o registro ativo na ANTT, a Agência Nacional de Transportes Terrestres, e que comprovaram ter feito algum transporte de carga em 2022.

Para conseguir receber a primeira e a segunda parcelas, no dia 6 de setembro, o caminheiro que não comprovou estar em operação neste ano precisa fazer a autodeclaração até às 18h da próxima segunda-feira, dia 28, pelo aplicativo Carteira de Trabalho Digital, ou fazendo o login, pelo GOV.BR, no Portal Emprega Brasil.

O trabalhador que perder esse prazo, ainda pode receber o auxílio, mas só a partir do mês que realizar a autodeclaração, e sem direito ao retroativo.

Até o momento, o benefício foi pago a mais de 190 mil caminheiros. Outros 399 mil transportadores estão aptos para receber o dinheiro, mas não há registro de que eles trabalharam no ramo este ano.

O auxílio caminhoneiro, criado para compensar a alta do diesel, integra a PEC dos benefícios, proposta de Emenda à Constituição, aprovada em julho deste ano pelo Congresso Nacional.

Economia Brasília 26/08/2022 – 19:00 Bianca Paiva / Guilherme Strozi Lucas Pordeus Leon – Repórter da Rádio Nacional caminhoneiros Auxílio PEC sexta-feira, 26 Agosto, 2022 – 19:00 100:00

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Cartões de confirmação do CNU, com locais de prova, saem nesta quinta

O governo federal disponibiliza, a partir das 10h desta quinta-feira (25/4), o cartão de...

Apostas em corte de 0,25 ponto percentual da Selic batem novo recorde

As apostas dos investidores num corte de 0,25 ponto percentual da taxa básica de...

Zona Franca de Manaus mantém benefícios fiscais com reforma tributária

Proposta de regulamentação da reforma tributária dá incentivos para a produção industrial e para...

Mais para você