InícioEditorialPolítica NacionalCom Lula, líderes dos países de língua portuguesa se reúnem neste domingo...

Com Lula, líderes dos países de língua portuguesa se reúnem neste domingo em São Tomé e Príncipe

Esse é o último compromisso na viagem do petista à África

Divulgação/Ricardo Stuckert

Presidente do Brasil Luiz Inácio Lula da Silva (E) e o Presidente de Angola João Lourenço (D) durante a cerimônia oficial de chegada ao Palácio Presidencial de Angola em Luanda

Os chefes de Estado e de governo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), entre eles o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), realizarão neste domingo, 27, em São Tomé e Príncipe a 14ª cúpula da organização. Após suas passagens pela África do Sul, onde participou da 15ª Cúpula dos Chefes de Estado do Brics, e por Angola, onde foi recebido e homenageado pelo presidente João Lourenço, Lula chega neste domingo a São Tomé, capital de São Tomé e Príncipe. São Tomé e Príncipe sucederá justamente Angola na presidência rotativa da CPLP, por um período de dois anos, sob o lema “Juventude e Sustentabilidade”. Neste sentido, o biênio 2023-2025 girará em torno de três pilares: educar, inovar e preservar. “O mundo pertence cada vez mais aos jovens e cabe a eles assumir a grande responsabilidade de transformá-lo, mas é dever de todos nós preservá-lo”, afirmou o ministro de Relações Exteriores, Cooperação e Comunidades de São Tomé e Príncipe, Alberto Neto Pereira, durante cerimônia de lançamento no dia 14 de julho. Antes da cúpula de chefes de Estado e de governo deste domingo, foram realizadas desde o último dia 21 reuniões no país insular que abordaram, entre outros assuntos, pontos focais para a cooperação e a segurança alimentar e nutricional. A CPLP é uma organização que reúne os países de língua portuguesa e a Guiné Equatorial, onde o português faz parte das línguas oficiais desde 2010, juntamente com o espanhol e o francês. O objetivo é aprofundar a amizade e a cooperação mútua entre os seus membros em todos os domínios e a consulta político-diplomática para fortalecer sua presença no cenário internacional. A organização foi criada em 17 de julho de 1996, em Lisboa, quando se realizou a primeira cúpula de chefes de Estado e de governo de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal e São Tomé e Príncipe.

*Com informações da EFE.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Tarcísio diz que escolas cívico-militares promovem “direitos humanos”

Governador de São Paulo defendeu modelo de educação em manifestação a Gilmar Mendes; STF...

Juliette se pronuncia após críticas de neto de Luiz Gonzaga

A assessoria de Juliette Freire se manifestou nas redes sociais após Daniel Gonzaga, neto...

DF: 6 mil cobradores temem desemprego com fim do dinheiro nos ônibus

Em meio à mudança que dará fim ao pagamento em dinheiro no transporte coletivo...

Jerônimo prestigia festejos juninos pelo interior do estado, até segunda-feira (24)

Os festejos juninos de alguns municípios baianos serão prestigiados pelo governador Jerônimo Rodrigues, nos...

Mais para você