InícioEditorialPolítica NacionalCrime deixa um saldo de medo e prejuízo para baianos acuados

Crime deixa um saldo de medo e prejuízo para baianos acuados

“Olha, o senhor deu sorte, porque não é sempre que eu aceito corridas para o seu bairro”, reconhece um muito educado motorista de aplicativo para o jornalista, morador de Águas Claras, a capital informal de Cajazeiras. Para Tancredo Neves, completou, já faz uns 30 dias que não aceita mais corridas – o bairro dominou as manchetes esta semana por conta de uma guerra pelo comando do tráfico e os seus respingos na vida da população que vive por lá.

Polícia prende jovem que rendeu e fez adolescente de refém no bairro de Tancredo Neves (Foto: Marina Silva/CORREIO)

De um lado, a guerra do tráfico com os seus até então desconhecidos “bondes” acuou a população baiana de um lado. Do outro, ameaças e boatos de ataques em escolas completaram o cenário de terror para pais e alunos. Desta vez além das fronteiras do Tancredo Neves – que já se chamou Beiru, numa provável alusão à cidade libanesa de Beirute e suas guerras. 

No início da semana, o CORREIO mostrou que Tancredo Neves, Arenoso e Narandiba vêm sofrendo os efeitos de uma ranhida disputa pelo controle do tráfico, após um dos líderes da atividade ilegal mudar de lado. 

É neste cenário que os tais “bondes”, incursões de criminosos em áreas comandadas por grupos rivais, têm dificultado a vida de uma população de aproximadamente 200 mil pessoas que residem na região. Nesta semana, pelo menos três moradores do bairro foram rendidos por criminosos. Num dos casos, uma jovem esteve sob a mira de uma arma por quase quatro horas. Nem uma grávida foi poupada.

Além do temor em relação à própria vida, dificuldades para usar aplicativos de transportes ou entregas, a população tem visto o patrimônio se desvalorizar, uma vez que ninguém quer viver numa zona de guerra.  Muitas placas de “vende-se” e imóveis fechados indicam que o movimento na região é de saída. Mesmo com um custo até 40% abaixo dos valores de mercado, é difícil encontrar compradores.

Nas escolas, as ameaças não se concretizaram, entretanto o pavor causado pelas promessas de violência foi real. A notícia de que a polícia já somava 132 denúncias de ameaças e ataques na semana foi inclusive replicada pelo governador Jerônimo Rodrigues em seu Instagram.

A quinta-feira (20) se tornou um motivo de preocupação por ser lembrar um dos maiores massacres em escolas dos Estados Unidos, sendo lembrada inclusive pelo presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, que se enrolou com quem gosta de games, ao associar os atos de violência aos jogos de tiro. “Hoje a molecada joga com gente de outro país, passam noites jogando, e tudo isso resulta nessa violência no meio de crianças”, disse. Acabou levando uma reprimenda inclusive de um dos seus filhos. 

A semana terminou mais cedo, com o feriado de Tiradentes na última sexta-feira, o que ainda não tem dada para acabar é o medo. 

Meme da semana

Há 15 anos, o padre Adelir de Carli, embarcava no Paraná, com planos de chegar ao Mato Grosso do Sul, erguido por mil balões cheio de gás hélio. O plano do “Padre dos Balões” não saiu como esperado e o que sobrou da estrutura foi encontrado meses depois no mar do Rio de Janeiro.  

Sem taxação 
O governo desistiu de acabar com a isenção de imposto em compras internacionais de até US$ 50. O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, que viralizou semana passada ao reconhecer que desconhece a Shein, varejista de moda´que faz sucesso no Brasil, informou que o recuo foi um pedido do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A ordem é primeiro aumentar a fiscalização contra a sonegação de impostos. O fim da isenção havia sido anunciado na semana passada. A regra existe desde 1999 e é restrita a encomendas enviadas do exterior, de uma pessoa física para outra pessoa física, no valor de até US$ 50. Hoje, cerca de R$ 250.

Confira as notícias mais lidas da semana
1 Tributação de compras da Shein e Shopee não será revertida, diz Receita

https://bit.ly/3UHwVdy

2 Chacina dos motoristas de app: acusada vai à júri e famílias de vítimas pedem por justiça
https://bit.ly/3GSiOfS

3 José de Abreu se irrita após ser chamado de ‘corno manso’: ‘Seu pai’
https://bit.ly/41gBxKa

4 Adolescente feita refém pelo namorado diz que não sabia que ele era traficante
https://bit.ly/3KL69N1

5 Horóscopo de 18/4: veja previsões para esta terça
https://bit.ly/3Apg71y

6 Traficante ‘vira-folha’ acirra guerra entre facções nos bairros de Tancredo Neves e Arenoso
https://bit.ly/41Aq1Jm

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Dividendos da Petrobras devem render R$ 6 bi ao governo Lula

A tendência é de que os acionistas da empresa confirmem a distribuição de 50%...

Ato com Bolsonaro busca intimidar STF e reforçar união da direita nas urnas, dizem analistas

Foto: Marcos Corrêa/PR/Arquivo O ex-presidente Jair Bolsonaro 21 de abril de 2024 | 18:32 ...

Davi pede desculpas à ex-namorada: “Tentando acertar e me adaptar”

Davi Brito se desculpou com Mani Rêgo neste domingo (21/3), após a baiana dizer...

Matteus dá resposta sincera sobre futuro com Isabelle após BBB; veja

Fãs do casal “Mabelle”, formado por Matteus e Isabelle, do BBB 24, ficaram decepcionados...

Mais para você