InícioEditorialCronograma, horários e regras: Veja tudo que você precisa saber sobre o...

Cronograma, horários e regras: Veja tudo que você precisa saber sobre o Carnaval de rua de São Paulo de 2023

Depois de dois anos sem ser realizado, o Carnaval de rua de São Paulo voltará a acontecer em 2023. Em 2021 e 2022, a tradicional festa que mobiliza milhões de foliões pelas ruas da capital paulista não aconteceu por causa da pandemia de Covid-19. Alguns blocos até chegaram a realizar eventos fechados ao longo do ano passado, mas o movimento não teve a mesma mobilização. Visando atrair participantes e garantir a fluidez do evento, a Prefeitura de São Paulo já começou a divulgar as datas dos desfiles na capital. Segundo o governo municipal, os desfiles de pré-Carnaval acontecerão nos dias 11 e 12 de fevereiro, uma semana antes do feriado. Já o pós-Carnaval será celebrado nos dias 25 e 26 de fevereiro, uma semana depois. A expectativa da prefeitura é de que 14 milhões de pessoas participem da folia na maior cidade da América Latina.

Até o momento, o cronograma definitivo dos desfiles de blocos não foi divulgado. Entretanto, uma versão preliminar foi publicada no Diário Oficial do município no dia 7 de janeiro. Diversos blocos foram confirmados como participantes do Carnaval de São Paulo. Grandes artistas estão entre as atrações de alguns blocos, como Alceu Valença, Michel Teló, Lexa, Pabllo Vittar e Baiana System. Agremiações tradicionais da folia paulistana marcarão presença: Acadêmicos do Baixo Augusta, Agrada Gregos, Pinga Ni Mim, entre outros. As atrações estão espalhadas por diversas regiões da cidade. Em 2020, segundo relatório do Observatório de Turismo e Eventos da SPTuris, o Ibirapuera foi o local mais procurado pelos foliões, concentrando 32% dos participantes. Consolação (22,1%) e Faria Lima (19,5%) completaram os três destinos mais buscados pelos interessados na festa. Novas regras foram determinadas para os desfiles deste ano, sendo a principal relativa aos horários de encerramentos dos blocos. Blocos de tamanho médio precisarão encerrar os desfiles às 18h para que a via seja liberada às 19h, enquanto os megablocos encerrarão as atividades às 19h para liberar a via às 20h.

Confira o calendário de desfiles:

  • 11 de Fevereiro (Pré-Carnaval)
    • Bicho Maluco Beleza de Alceu Valença (13h – 18h | Vila Mariana)
    • Sargento Pimenta (9h – 14h | Pinheiros)
    • Ritaleena (13h – 18h | Pinheiros)
  • 12 de Fevereiro (Pré-Carnaval)
    • Acadêmicos do Baixo Augusta (14h – 19h | Sé)
    • Bloco da Lexa (12h – 17h | Lapa)
    • Monobloco (12h – 17h | Vila Mariana)
  • 18 de Fevereiro (Carnaval)
    • Agrada Gregos (13h – 18h | Vila Mariana)
    • Unidos do BPM (14h – 19h | Sé)
  • 19 de Fevereiro (Carnaval)
    • Bloco Bem Sertanejo – Michel Teló (14h – 19h | Vila Mariana)
    • Bloco da Pabllo (13h – 19h | Vila Mariana)
  • 20 de Fevereiro (Carnaval)
    • Não Serve Mestre (13h – 18h | Pinheiros)
    • Pinga Ni Mim – Villa Country (13h – 18h | Vila Mariana)
  • 21 de Fevereiro (Carnaval)
    • Galo da Madrugada (9h – 14h | Vila Mariana)
    • Sai, Hétero Mimimi! (12h – 17h | Sé)
  • 25 de Fevereiro (Pós-Carnaval)
    • Meu Santo É Pop (13h – 18h | Sé)
    • Navio Pirata – Baiana System (13h – 18h | Vila Mariana)
  • 26 de Fevereiro (Pós-Carnaval)
    • Bloco Carnavalesco Segunda Sem Lei (11h – 17h | Santana/Tucuruvi)

Confira a relação completa de desfiles aqui.

Saúde e Segurança

Como os últimos dois Carnavais de rua foram cancelados por causa da pandemia de Covid-19, foliões estão preocupados com as medidas sanitárias que serão adotadas no evento. À Jovem Pan, a prefeitura confirmou que a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) manterá as recomendações sanitárias como o uso obrigatório de máscara no transporte púbico, em serviços de saúde e ambientes fechados. Além disso, a gestão de Ricardo Nunes (MDB) reforçou a orientação de higienização das mãos e atualização do esquema vacinal. Para garantir a segurança dos foliões, a Secretaria Municipal de Segurança Urbana atuará ao lado da Guarda Civil Metropolitana, que fará o patrulhamento preventivo e prestará apoio no combate ao comércio irregular e controle do espaço público.

Perfil do público

A pesquisa feita pelo Observatório de Turismo e Eventos da SPTuris também traçou um perfil do público do Carnaval paulistano. Com base em 1,2 mil entrevistas, o estudo apontou que 56,5% dos participantes do evento são do sexo feminino, 43,2% são homens e 0,3% se identificaram como “outros”. Em relação à faixa etária, a maior parte dos foliões tem entre 25 e 29 anos (32,4%). Em seguida, vem o grupo com idade entre 18 e 24 (29,6%) e o que tem entre 30 e 39 anos (26,9%). Pessoas com 60 anos ou mais representam 0,5% dos foliões. Ainda de acordo com o levantamento, 73,6% dos foliões vêm da capital paulista, sendo os principais responsáveis pelo sucesso do evento. Turistas de outros Estados representam apenas 5,1% do total, sendo que Minas Gerais lidera o ranking de turistas (1,2%).

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

‘Queremos fazer tudo legal, respeitando o meio ambiente’, diz Lula sobre exploração de petróleo na foz do Amazonas

Durante discurso para autoridades do governo da Arábia Saudita no Rio, o presidente defendeu...

Tebet diz que governo busca ‘meta zero’ do déficit público, mas evita cravar: ‘Seria como jogar na loteria’

A ministra do Planejamento e Orçamento, Simone Tebet, reforçou nesta quarta-feira (12), que o governo mira a meta de déficit zero nas contas...

Brasil derrete e dólar dispara quando Lula abre a boca, diz Flávio

Filho do ex-presidente Bolsonaro declara que ao final do mandato do petista o brasileiro...

Mais para você