InícioEditorialPolítica NacionalDeputado Amauri Ribeiro, de Goiás, é alvo de operação da PF por...

Deputado Amauri Ribeiro, de Goiás, é alvo de operação da PF por suspeita de envolvimento no 8 de Janeiro

O deputado estadual de Goiás Amauri Ribeiro (União Brasil) é alvo de dois mandados de busca e apreensão da Polícia Federal na manhã desta terça-feira, 29, na 15ª fase da Operação Lesa Pátria. Ele é suspeito de ter contribuído financeiramente para a organização dos atos de 8 de Janeiro em Brasília, quando as sedes dos Três Poderes foram invadidas e vandalizadas. No dia 6 de junho de 2023, Amauri declarou durante sessão da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) que “ajudou a bancar” o acampamento de manifestantes contrários ao resultado da eleição de 2022 em frente ao Quartel General do Exército em Brasília. O parlamentar afirmou: “Eu também deveria estar preso. Eu ajudei a bancar quem estava lá. Pode me prender, eu sou um bandido, eu sou um terrorista, eu sou um canalha, na visão de vocês. Eu ajudei, levei comida, levei água e dei dinheiro. Eu acompanhei lá e também fiquei na porta, porque sou patriota”, disse Amauri no plenário. Em nota divulgada nesta terça (leia abaixo), a assessoria do deputado afirmou que ele doou “pequena quantidade e alimentos aos patriotas” do acampamento até o dia 31 de dezembro de 2022, e que não financiou “os atos criminosos que aconteceram em Brasília” no 8 de Janeiro.

Agentes da PF estiveram em endereços do deputado em Goiânia e no município goiano de Piracanjuba. Os mandados de busca e apreensão foram expedidos pelo STF (Supremo Tribunal Federal). Segundo a PF, os fatos investigados constituem, em tese, os crimes de abolição violenta do Estado Democrático de Direito, golpe de Estado, dano qualificado, associação criminosa, incitação ao crime, destruição e deterioração ou inutilização de bem especialmente protegido e crimes da lei de terrorismo.

Leia a nota do gabinete do deputado Amauri Ribeiro:
A assessoria de comunicação do Deputado Estadual Amauri Ribeiro confirma a Operação da Polícia Federal que está sendo realizada na manhã desta terça-feira (29) e aguarda informações oficiais sobre os detalhes e andamento do processo para se pronunciar sobre o assunto. O Deputado Estadual Amauri Ribeiro esclarece que as suas falas foram retiradas de contexto com o claro e evidente objetivo de associar sua imagem aos atos criminosos que aconteceram em Brasília em 08 de janeiro de 2023. Como tem sido enfatizado em suas falas, o deputado destaca que é preciso separar em dois momentos os fatos que aconteceram no Brasil depois do resultado da última eleição.
1) Amplamente divulgado pela mídia, as manifestações, em sua grande maioria, foram realizadas de forma pacífica por patriotas que permaneceram acampados na porta de quartéis e não cometeram nenhum tipo de crime. Pessoas que estavam ali exercendo o direito fundamental à livre manifestação prevista na nossa Constituição Federal.
2) Sobre os crimes cometidos em Brasília, Amauri Ribeiro enfatiza que sempre condenou e pediu punição para aqueles que cometeram atos de violência e vandalismo.
Sobre a doação de pequena quantidade de água e alimentos aos patriotas, elas foram feitas até o dia 31 de dezembro de 2022, para pais de família, mães, avós e crianças, que nunca cometeram nenhum crime e estavam ali lutando por seu país. Esse fato não tem nenhuma relação com os atos de vandalismo que aconteceram em Brasília.
E mais, o deputado condena veementemente todos os atos antidemocráticos feitos em Brasília no dia 8 de janeiro de 2023.
Vale ainda ressaltar, o seu total respeito às instituições democráticas, ao Supremo Tribunal Federal e a todo o sistema eleitoral brasileiro, através do qual, nos deu a confiança para concorrer e obter êxito em 4 eleições.
Por fim, o DEPUTADO ESTADUAL AMAURI RIBEIRO se coloca à disposição de todas as autoridades brasileiras e, também, todos os seus sigilos e o que se fizer necessário para democraticamente esclarecer os fatos.
Goiânia, 29 de Agosto de 2023.
Gabinete Deputado Estadual Amauri Ribeiro.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Anatel aprova novo sistema de alertas de emergência

Aviso aparecerá sobreposto às telas abertas nos celulares; utilização ainda depende de treinamento com...

Antes de nascer, filho de Viih Tube bate 100 mil seguidores nas redes

Viih Tube e Eliezer revelaram, neste sábado (25/5), que a filha Lua ganhará um...

Homem agredido por morador de rua no Sudoeste é agente da PF

O homem que foi agredido por um jovem em situação de rua, na tarde...

Delegado da Polícia Civil é baleado por PM de folga durante discussão na zona leste de São Paulo

Um delegado da Polícia Civil de São Paulo foi baleado por um PM durante...

Mais para você