InícioNotíciasPolíticaEm Cuba, Lula cobra países ricos por aquecimento: “Dívida histórica”

Em Cuba, Lula cobra países ricos por aquecimento: “Dívida histórica”

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) voltou a cobrar os países mais ricos pelas mudanças climáticas provocadas pelo aquecimento global, em discurso na Cúpula do G77 + China em Havana, capital de Cuba, neste sábado (16/9).

“Vamos promover a industrialização sustentável, investir em energias renováveis, na sociobioeconomia e na agricultura de baixo carbono. Faremos isso sem esquecer que não temos a mesma dívida histórica dos países ricos pelo aquecimento global”, declarou Lula em seu discurso, que abriu o encontro.

O G77 + China reúne 134 nações do chamado Sul Global, países em desenvolvimento. Lula também cobrou a necessidade de insistir na implementação dos compromissos nunca cumpridos pelos países ricos.

Ciência e tecnologia Ainda em seu discurso, o presidente brasileiro defendeu que os países do Sul Global têm condições de ocupar posições de destaque na área de ciência e tecnologia.

Lula citou como exemplo as parcerias do Brasil com a Argentina, para energia nuclear, e com a China, na área espacial, que começaram ainda nos anos 1980.

O presidente e a primeira-dama, Janja Lula da Silva, desembarcaram no final da tarde (horário local) de sexta-feira (15/9). Ainda neste sábado, Lula terá uma reunião bilateral com o presidente cubano Miguel Díaz-Canel, no Palácio do Governo de Cuba.

Um dos assuntos que possivelmente deve ser tratado é a negociação da retomada do pagamento de parcelas do financiamento de US$ 658 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Esse acordo foi firmado nos anos 2010 para a reforma do Porto Mariel, mas Cuba não pagou o Brasil.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Mercado reage mal após Lula revisar meta de superavit

Economistas elevaram projeções do dólar e da Selic; moeda norte-americana chegou a R$ 5,28...

IBGE vende mapa com Brasil no centro do mundo. Saiba como comprá-lo

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) vai começar a vender o mapa-múndi...

Mais para você