InícioEditorialPolítica NacionalEx-empresário de Renan Bolsonaro sai da cadeia depois de 5 meses

Ex-empresário de Renan Bolsonaro sai da cadeia depois de 5 meses

Maciel Carvalho Rodrigues Medeiros estava detido desde agosto de 2023, alvo da operação Nexum da PCDF; ele era instrutor de tiro de Renan

Maciel Carvalho Rodrigues Medeiros (foto) era empresário de Jair Renan Bolsonaro Reprodução/Instragram @drmacielcarvalho

Evellyn Paola 15.fev.2024 (quinta-feira) – 20h26

O ex-empresário de Jair Renan, filho do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), Maciel Carvalho Rodrigues Medeiros, deixou o Complexo Penitenciário da Papuda. Ele estava preso desde agosto de 2023, alvo da operação Nexum da PCDF (Polícia Civil do Distrito Federal).

Proferida em 26 de janeiro, a decisão feita pelo juiz Luís Carlos de Miranda, da 5ª Vara Criminal de Brasília, foi obtida pelo Poder360. O processo está sob sigilo. “Não há circunstâncias fáticas atuais e contemporâneas a justificar a prisão deles”, afirmou o magistrado.

Em seu perfil no Instagram, Medeiros afirmou ser inocente e ter se sentido impotente durante os 5 meses que ficou preso. “O sentimento de injustiça sempre batia na alma”, declarou.

“Eu cheguei lá tomando um rivotril e saí de lá tomando seis ansiolíticos, de ansiedade ao extremo e depressão profunda, preocupado com a minha família e os filhos. A Justiça, de fato, foi feita”, disse.

Em novembro do ano passado, o desembargador Demetrius Cavalcante havia negado um pedido de habeas corpus feito pela defesa do empresário.

OPERAÇÃO NEXUM A operação da PCDF (Polícia Civil do Distrito Federal) foi deflagrada em 24 de agosto de 2023 para desarticular um grupo suspeito de estelionato, falsificação de documentos, sonegação fiscal e lavagem de dinheiro.

Dentre os investigados estava Jair Renan Bolsonaro. O advogado de Renan, Admar Gonzaga, afirmou que a Polícia Civil apreendeu o celular, um HD e anotações de Jair Renan.

A operação foi nomeada de Nexum, em alusão ao antigo instituto contratual do direito romano, que representava a passagem do dinheiro e transferência simbólica de direitos. Ao todo, 35 policiais civis de Brasília e de Santa Catarina participaram das buscas.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Prefeito de Porto Alegre agradece Nunes por doações da Virada Cultural para o RS

O prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo (MDB), enviou um vídeo ao prefeito de...

Líderes europeus criticam imigração ilegal em evento em Madri

Premiê da Itália e a deputada francesa Marine Le Pen pediram fortalecimento das fronteiras...

Espanha exige desculpa de Milei por xingar esposa do primeiro-ministro

Tomas Cuesta/Getty Images 1 de 1 Foto colorida de Javier Milei, presidente da Argentina...

Paulo Pimenta expõe divergências com Eduardo Leite sobre as enchentes no RS

O ministro Paulo Pimenta, designado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva para coordenar...

Mais para você