InícioNotíciasPolíticaFronteira entre Egito e Gaza pode ser reaberta nesta segunda

Fronteira entre Egito e Gaza pode ser reaberta nesta segunda

A passagem de Rafah, cidade que fica na fronteira do Egito com a Faixa de Gaza, abrirá na segunda-feira (16/10), às 9 horas da manhã, no horário local.

A informação foi divulgada pelo representante da Embaixada Palestina na fronteira de Rafah, Kamel Khatib, à NBC News, na noite deste domingo (15/10). 

De acordo com a autoridade, serão liberadas a saída de estrangeiros do local e a entrada de ajuda humanitária para o moradores da região.

A decisão pode afetar os brasileiros que aguardam serem repatriados pelo governo federal desde o começo da semana.

Essa não é a primeira vez que representantes palestinos anunciam a possibilidade de estrangeiros cruzarem a fronteira para o Egito. A passagem está fechada pelo governo egípcio por questão de segurança e controle da entrada de refugiados.

Na noite do domingo (15/10), o porta-voz do Exército de Israel, Jonathan Conricus, disse que ainda não é possível afirmar a veracidade dos relatos de que a passagem de Rafah seria aberta a estrangeiros. A afirmação foi dita durante a coletiva de imprensa internacional.

“Ainda não posso confirmar que essas afirmações são verdadeiras. Antes de ontem tentamos coordenar a saída [dessas pessoas] de Gaza… Mas o Hamas se recusou a abrir os portões. O Hamas não quer que as pessoas evacuem do norte de Gaza”, respondeu Conricus aos questionamentos.

Durante a coletiva, Conricus ainda afirmou que o Hamas têm mirado civis israelenses, e que eles tem falsificado informações e inúmeros sobre o caso. Também reiterou que Israel não mirou civis.

Quanto ao caso da passagem de Rafah, o Metrópoles tenta contato com o Itamaraty desde a publicação da matéria, mas ainda não obteve retorno.

Neste domingo (15/10), aumentou para 32 o número de brasileiros que estão na Faixa de Gaza que aguardam as tratativas diplomáticas entre Egito, Israel e Brasil. Até então, o grupo somava 28 pessoas.

Eles serão transportados ao Brasil por meio da aeronave da Presidência da República, o avião VC-2, que tem capacidade para até 40 passageiros.

Esses brasileiros estão nas cidades de Rafah e Khan Yunis, na Faixa de Gaza. Do grupo, a maioria são mulheres e crianças, e seis são homens.

Esforço diplomático

Esse resultado ocorre após os inúmeros pedidos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva que, entre sexta-feira (13/10) e sábado (14/10), negociou diretamente com os presidentes de Israel, Isaac Herzog, do Egito, Abdul Fatah al-Sisi, e da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas.

Neste domingo (15/10), os esforços parecem ter tido resultado. O secretário de Estado dos Estados Unidos, Antony Blinken, havia afirmado que ficou acordado que a passagem de Rafah será reaberta, após reunião com o presidente egípcio, Abdel Fattah el-Sisi, no Cairo.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Ao vivo: Câmara debate acusações de suposta censura do Judiciário ao X

Comissão de Relações Exteriores ouve Michael Shellenberger e Glenn Greenwald; assista, ao vivo, no...

Humanização da saúde: paciente relata atendimento no Hospital Municipal

“Passei pela UPA e fiquei internado aqui no hospital. Assim que a gente entra...

Após “ignorar” Davi no BBB, Paulo Ricardo tem show cancelado. Entenda

O cantor Paulo Ricardo teria tido um show em Fortaleza, no Ceará, cancelado por...

Moro: envolvimento em desvio de dinheiro da Lava Jato é “mera ficção”

Apesar de ainda não ter sido julgado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) por...

Mais para você