InícioEditorialPolítica NacionalGabriel Monteiro é condenado por abuso de poder

Gabriel Monteiro é condenado por abuso de poder

O ex-vereador do Rio de Janeiro, Gabriel Monteiro, que teve o mandato cassado em agosto de 2022, foi condenado a pagar uma indenização de R$ 20 mil ao médico Hilmar Dias Ricardo, que foi filmado pelo também influenciador, sem autorização, na UPA de Senador Camará, em 2021. Para a Justiça, o réu “expôs publicamente a saúde de forma sensacionalista, dando voz de prisão a médicos, ridicularizando os mesmos com filmagens e acusações de cunho difamatório e em tom agressivo com o único objetivo de promoção pessoal”, diz um trecho da decisão do juiz Luiz Eduardo de Castro Neves. Em 2022, Monteiro também foi condenado por abuso de poder e teve que indenizar outro profissional de saúde. Na decisão, o magistrado diz que a liberdade de expressão parlamentar garante que os políticos possam se expressar livremente. No entanto, Luiz Eduardo frisou que não é permitido o direito de difamar, intimidar ou menosprezar indivíduos. O ex-vereador, acusado de estuprar uma estudante, de 23 anos, está preso desde novembro do último ano.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Governo anuncia empresas vencedoras de licitação de R$ 200 mi da Secom

Ministério das Comunicações tenta resolver queda de popularidade do governo; as empresas apresentaram plano...

Lira recua e diz que errou ao chamar ministro de Lula de incompetente

Foto: Marcelo Camargo/Arquivo/Agência Brasil Alexandre Padilha 24 de abril de 2024 | 07:37 ...

Acusado pela ex, filho de Lula já fez post homofóbico: “Monte de gay”

Acusado pela ex-mulher de agressão física e psicológica, o empresário Luís Cláudio Lula da...

Mais para você