InícioEditorialPolítica NacionalGoverno de SP investiga suspeita de sabotagem em pane elétrica na CPTM...

Governo de SP investiga suspeita de sabotagem em pane elétrica na CPTM no dia da greve

Em agenda no interior do Estado, o governador Tarcísio de Freitas (Republicanos) afirmou que a hipótese ainda não foi descartada pelas autoridades

RONALDO SILVA/ATO PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Movimento intenso de passageiros na Estação Pinheiros, na zona oeste de São Paulo, nesta quarta-feira, 04, um dia após a falha no sistema de energia da Linha 9-Esmeralda da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos)

Mesmo após o fim da greve do Metrô, CPTM e Sabesp, os usuários da Linha 9-Esmeralda, gerida pela ViaMobilidade enfrentaram mais uma manhã de caos nesta quarta-feira, 4. A linha de trem apresentou problemas devido a uma falha no sistema elétrico pelo 2º dia consecutivo, o que deixou algumas estações superlotadas. Durante toda a manhã, o trajeto operou com apenas uma única via entre as estações Morumbi e Cidade Universitária. Além disso, 70 ônibus da Operação PAESE foram disponibilizados para atender o trecho entre as estações Pinheiros e Morumbi, mas isso não foi suficiente para acomodar a população, que se aglomerou em longas filas no horário de pico. Em nota, o Governo do Estado de São Paulo afirmou que vai instaurar um processo administrativo para apurar a falha e que eventuais penalidades e sanções podem ser aplicadas. A gestão estadual disse ainda que monitora todas as ocorrências nas linhas concedidas à iniciativa privada. Em agenda no interior do Estado, o governador Tarcísio de Freitas (Republicanos) afirmou que R$ 150 milhões em multas já foram aplicados nas linhas da CPTM operadas pela ViaMobilidade.

“Eles tem tempo agora para apresentar as suas considerações, vão ter que apresentar a defesa e, chegando à conclusão de que houve responsabilidade da concessionária, temos uma multa que pode chegar a R$ 4 milhões (…) A gente vai agir com dureza e vamos fortalecer cada vez mais a regulação”, declarou. A ViaMobilidade afirmou que disponibilizou 70 colaboradores para trabalhos de manutenção e que registrou um Boletim de Ocorrência (B.O.) sobre o caso. A linha operava normalmente quando a pane elétrica ocorreu e o B.O. aponta que objetos estranhos foram encontrados próximos ao local da falha. O governador disse que as investigações trabalham com a possibilidade de interferência externa: “Há indícios realmente de sabotagem. Tivemos violação dos alambrados, encontramos material para que gerasse curto-circuito. A Polícia Civil está investigando, foi aberto o inquérito e vai ser realizada a perícia, mas tudo leva a crer que houve sabotagem”. Após a greve que pedia pelo fim da agenda de privatizações, Tarcísio garantiu que vai dar prosseguimento às concessões.

*Com informações da repórter Beatriz Manfredini

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Governo trava taxação de importações de até US$ 50 e adia discussão

Relator tenta acordo para aprovar o fim da isenção, mas governistas estão resolutos; votação...

Quaest: 42% dos deputados avaliam Lula negativamente; 32% aprovam

Rafaela Felicciano/Metrópoles 1 de 1 imagem colorida Lula subindo rampa do planalto - metrópoles...

Mais para você