InícioEditorialPolítica NacionalGoverno habilita mais 47.000 famílias do RS ao Auxílio Reconstrução

Governo habilita mais 47.000 famílias do RS ao Auxílio Reconstrução

Caixa pagou o 1º lote na 5ª (30.mai); validação dos dados deve ser feita pelo responsável de cada núcleo com a conta Gov.br

No 1º lote, das 44.592 famílias afetadas pela tragédia foram aprovadas Sérgio Lima/Poder360 – 10.mai.2024

PODER360 31.mai.2024 (sexta-feira) – 21h00

O governo federal habilitou mais 47.584 famílias desabrigadas ou desalojadas de 47 municípios gaúchos a acessar o site do Auxílio Reconstrução e confirmar os dados cadastrados pelas prefeituras para terem acesso ao 2º lote do benefício de R$ 5.100. Mais de 90.000 famílias atingidas pelas enchentes foram aprovadas até agora para receber o benefício.

A validação dos dados deve ser feita pelo responsável de cada família com a conta Gov.br. Depois da confirmação, as informações serão enviadas para a Caixa Econômica Federal, que fará o depósito na conta do beneficiário.

No 1º lote, das 44.592 famílias aprovadas, 34.196 validaram as informações e garantiram o direito ao recurso. A Caixa fez os primeiros pagamentos na 5ª feira (30.mai.2024).

De acordo com o ministro da Integração Regional, Waldez Góes, “é importante que as famílias validem os dados o mais rápido possível, tenham acesso ao dinheiro e comecem a reconstruir a vida”.

O ministro também disse que o trabalho das prefeituras deve ser contínuo. “Os municípios podem e devem alimentar o sistema o tempo todo. Nosso objetivo é agilizar o processo de liberação do recurso o mais rápido possível e agradeceu o empenho da Dataprev e da Caixa Econômica Federal”, afirmou.

Liberação de verba O Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional aprovou, até agora, R$ 336,6 milhões para atender 214 municípios. Além disso, 456 planos de trabalho foram aprovados. Ao todo, foram registradas 169 mortes. Há ainda 45 pessoas desaparecidas, 581.638 desalojadas e 45.651 em abrigos. O número de resgate de animais chegou a 12.527 e 473 municípios foram afetados pela chuva.

O ministério também começou a receber planos de trabalho para a reconstrução das áreas destruídas pelo desastre climatológico. Até agora, 46 planos de reconstrução estão em análise.

Visita ao RS Em sua página no Instagram, o ministro-chefe da Secretaria Extraordinária de Apoio à Reconstrução do Rio Grande do Sul, Paulo Pimenta, disse nesta 6ª feira (31.mai) que segue percorrendo o Estado, cumprindo a missão dada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

“Presidente Lula nos deu a missão de percorrermos o RS e assim estamos fazendo. Hoje viemos a Rio Grande ouvir a comunidade, conversar com o prefeito e lideranças locais para identificarmos em quais áreas existem demandas que podemos apoiar”, afirmou.

Pimenta visitou a FURG (Universidade Federal do Rio Grande), que adaptou o pavilhão de salas de aula para abrigar famílias atingidas pelas enchentes, e se reuniu com representantes dos setores produtivos. O ministro conheceu também as instalações do Hospital de Campanha, construído no Parque Marinha para reforçar o atendimento médico à população.

Com informações da Agência Brasil

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Damares quer youtuber petista no inquérito de milícias digitais

Senadora envia pedido para Moraes com base em reportagem que afirma que Thiago dos...

Prefeitura convida cidadãos para inauguração de chafariz no Kaikan Sul nesta quinta (13)

A Prefeitura Municipal de Teixeira de Freitas convida os cidadãos para a inauguração de...

Jean Wyllys diz que Grazi Massafera só existe porque ele estava no BBB

Jean Wyllys foi o campeão do BBB 5, ao desbancar Grazi Massafera na final...

Aluguel de loja e buraco na parede: como bando furtou 100 armas no DF

As investigações da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) revelaram que os criminosos responsáveis...

Mais para você