InícioEditorialPolítica NacionalGrupo de trabalho aposta em aprovação rápida da reforma tributária, diz formulador...

Grupo de trabalho aposta em aprovação rápida da reforma tributária, diz formulador das propostas

Expectativa é que a leitura do parecer, seguida pela votação entre os membros, aconteça na terça-feira, 6, a partir das 16h

Reprodução/Jovem Pan News

Ex-deputado federal Luiz Carlos Hauly, um dos idealizadores das propostas em discussão, diz que grupo avançou em diversos pontos e a clima para aprovação no menor tempo possível

Especialistas e parlamentares apostam em uma aprovação rápida da reforma tributária no Congresso Nacional. Para o ex-deputado federal Luiz Carlos Hauly, um dos idealizadores das propostas em discussão, o grupo avançou em diversos pontos e a clima para aprovação no menor tempo possível. “Tanto a Câmara que tem a PEC 45 quanto o Senado que tem a PEC 110 tem lideranças favoráveis a tramitação e aprovação ainda neste primeiro semestre na Câmara e no segundo semestre no Senado. Estou bastante otimista”, comentou. Hauly ainda ressaltou que um dos maiores problemas do Brasil atualmente é tributar o consumo, principalmente das famílias. “Elas pagam também embutido nos preços dos serviços consumidos 75% da carga tributária e paga também o imposto de renda das pessoas jurídicas”, completou. Com uma semana mais curta, em razão do feriado nacional de Corpus Christi, o destaque no Legislativo será a apresentação e votação do relatório do deputado federal Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) no Grupo de Trabalho sobre o Sistema Tributário Nacional (PEC 45/19), que discute a reforma tributária na Câmara dos Deputados. A expectativa é que a leitura do parecer, seguida pela votação entre os membros, aconteça na terça-feira, 6, a partir das 16h. Considerada uma das cinco prioridades do Executivo para o primeiro semestre deste ano, o texto deve ainda receber diretrizes e ser tema de uma rodada de negociações com as bancadas antes de ir à plenário. Em entrevista à Jovem Pan News, o coordenador do grupo, deputado Reginaldo Lopes (PT), disse que a expectativa é que a aprovação na Casa ocorra antes de 15 de julho.

*Com informações do repórter Paulo Edson Fiore.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Fazer refeições mais cedo reduz risco de problemas cardiovasculares

Estudo mostra que quem come depois das 21h tem probabilidade 28% maior de desenvolver...

A avaliação do time de Lewandowski sobre o projeto que limita delações

Integrantes da cúpula do Ministério da Justiça veem com cautela o projeto de lei...

Após seca histórica, indústria do AM acende alerta para clima em 2024

Meses após a seca histórica no Rio Negro, em Manaus, capital do Amazonas, a...

Governador liga para Lewandowski após ataques com mortes no Ceará

Elmano de Freitas (PT) diz não descartar pedir apoio do governo Lula para reforçar...

Mais para você