InícioNotíciasPolíticaGrupo que matou jovem fez outra vítima com “mesmo modus operandi”

Grupo que matou jovem fez outra vítima com “mesmo modus operandi”

Os envolvidos na morte do vendedor Matheus Silva Cruz (foto em destaque), 23 anos, vítima de latrocínio, já teriam sido detidos pela polícia, em 12 de dezembro de 2023, por um crime semelhante. Na data, segundo a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), os suspeitos atraíram um alvo para uma região do Setor O, em Ceilândia, para roubá-lo. Não houve morte na ocasião.

Dois meses depois, e conforme apontam as investigações, Matheus foi atraído por uma adolescente que entrou em contato com ele pelo Instagram. Após um tempo conversando, a dupla marcou de sair. No dia combinado para o encontro, a jovem chegou ao local marcado acompanhada por outra adolescente. De lá, os três seguiram para a distribuidora, onde os comparsas das jovens aguardavam pela vítima.

Conforme informou o delegado da 24ª Delegacia de Polícia (Setor O), Pedro Luís de Moraes, os suspeitos seguem o mesmo modos operandi para atrair alvos. “[Ele] caiu no golpe da atração pelas mulheres por meio do Instagram. Apuramos que ele tinha marcado encontro amoroso com as mulheres e assim foi atraído ao local”, comentou o investigador.

Foto-carro-queimado-Matheus Silva Cruz (1)

Carro dele foi encontrado carbonizado Material cedido ao Metrópoles

Foto-carro-queimado-Matheus Silva Cruz (2)

Automóvel, um Fiat Uno preto, ficou totalmente destruído Reprodução

Corpo-de-jovem-desaparecido-e-encontrado-no-entorno

Matheus Silva Cruz, 23 anos Reprodução

Matheus foi espancado no estabelecimento, antes de ser colocado à força no próprio carro e levado para o Incra 9, em Ceilândia, onde teria sido agredido novamente, com um pedaço de pau, e ficado com a cabeça parcialmente esmagada.

“Pela investigação o intuito era simplesmente roubar. Acreditamos que o espancaram por maldade”, acrescentou o delegado.

A polícia chegou aos suspeitos com o auxílio de câmeras de segurança da região. Ao analisarem as imagens, identificaram que os envolvidos também apareceram em uma outra ocorrência, registrada em dezembro. Investigadores, então, encaminharam-se a um dos endereços dos detidos e, lá, identificaram cinco das 7 pessoas flagradas agredindo Matheus.

Quatro adolescentes e um adulto foram presos ou apreendidos. Até a última atualização desta reportagem, dois suspeitos são considerados foragidos.

Ainda de acordo com as apurações, um dos menores apontou o local onde o corpo foi encontrado. “[O adolescente] disse na delegacia que, para ele, não ia dar em nada. Que ele ia ficar comendo pão com Nutella, por ser menor, e falou, ainda, que safado tinha que morrer.”

O delegado informou que, após o crime, os envolvidos levaram o celular, uniforme e demais pertences de Matheus. Eles também roubaram o som e a bateria do carro dele.

Segundo o delegado, os envolvidos na morte responderão por atos infracionais análogos a delitos de latrocínio, ocultação de cadáver, corrupção de menores e organização criminosa.

O caso Matheus havia desaparecido por volta das 23h30 de domingo, após ser convidado para uma festa por uma suposta amiga.

Imagens de câmeras de segurança de uma distribuidora mostraram quando, ao chegar à QNO 19, em Ceilândia – próximo ao local do evento –, ele foi abordado pelo grupo e espancado.

O corpo do jovem foi encontrado na manhã dessa terça-feira (20/2). Posteriormente, o veículo dele foi localizado carbonizado. A 24ª Delegacia de Polícia (Setor O) investiga o caso.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Comissão dos EUA diz que Moraes “censura” oposição ao governo Lula

Relatório de deputado pró-Trump diz que ministro do STF tenta “forçar” o X (ex-Twitter)...

Ato de Bolsonaro no Rio no dia 21 terá governadores e parlamentares: veja quem vai

Foto: Divulgação Jair e Michelle Bolsonaro 17 de abril de 2024 | 21:45 ...

Veja momento em que câmeras espiãs são encontradas em casa de deputada

Um vídeo mostra o momento em que as câmeras instaladas no apartamento alugado pela...

Campos Neto diz que mudança na meta afeta política monetária

“Quando tem problemas de credibilidade em algum dos lados, afeta o outro”, afirma em...

Mais para você