InícioEntretenimentoCelebridadeGuarita na rua de Haddad estava vazia na hora da invasão de...

Guarita na rua de Haddad estava vazia na hora da invasão de bandidos

São Paulo – A guarita de segurança que fica quase em frente a uma das entradas da casa do ministro da Fazenda, Fernando Haddad, na zona sul de São Paulo, estava vazia no momento em que a residência foi alvo de uma tentativa de assalto, na madrugada desta quinta-feira (14/9). O ministro estava em casa no momento da ação criminosa.

Moradores da região contaram ao Metrópoles que o vigia que ocupa a guarita trabalha a partir das 8h e vai embora no fim da tarde. Ninguém fica durante a noite e a madrugada.

Rua Haddad 10

Rua em que o ministro Fernando Haddad mora, na zona sul de São Paulo Jessica Bernardo/Metrópoles

casa-haddad

Fachada da residência do ministro da Fazenda, Fernando Haddad, em São Paulo Jéssica Bernardo/Metrópoles

Rua Haddad 7

Casa do ministro Fernando Haddad Jessica Bernardo/Metrópoles

Rua Haddad 1

Casa do ministro Fernando Haddad Jessica Bernardo/Metrópoles

Rua Haddad 6

Casa do ministro Fernando Haddad Jessica Bernardo/Metrópoles

Rua Haddad 2

Rua em que o ministro Fernando Haddad mora, na zona sul de São Paulo Jessica Bernardo/Metrópoles

Rua Haddad 4

Casa do ministro Fernando Haddad Jessica Bernardo/Metrópoles

Rua Haddad 5

Casa do ministro Fernando Haddad Jessica Bernardo/Metrópoles

Rua Haddad 8

Casa do ministro Fernando Haddad Jessica Bernardo/Metrópoles

Os moradores do bairro relatam que alguns deles pagam seguranças que ficam circulando de motocicleta na região no período da noite e da madrugada. Segundo eles, o furto a residências é comum na região. Uma das vizinhas relatou que foi vítima de roubo enquanto viajava e estranhou o fato de a tentativa na casa do ministro ter ocorrido quando havia gente na casa.

PF pediu aos vigilantes da região imagens das câmeras de segurança para apurar o ocorrido. Até o momento, ninguém foi preso.

Segundo a polícia, a tentativa de assalto aconteceu por volta de 5h. Uma funcionária que chegou ao local, no Planalto Paulista, percebeu o portão da casa arrombado e avisou a família Haddad. Além do ministro, a filha dele também estava na casa. A notícia foi confirmada pelo Ministério da Fazenda.

Imagens das câmeras de segurança identificaram a chegada de um homem em uma moto. Ele arrombou o portão e, logo depois, chegaram mais quatro homens em um carro. Eles acessaram o quintal, mas não invadiram a residência.

Nova fechadura Após a tentativa de assalto a sua casa, Haddad mandou trocar a fechadura do portão da residência. Do lado de fora, ainda era possível ver, na tarde desta quinta-feira, marcas dos danos causados no portão pelos ladrões.

A agenda do ministro em São Paulo nesta quinta-feira foi cancelada. No início da tarde, Haddad deixou a residência sem falar com a imprensa. Segundo o ministério, ele costuma passar a semana toda em Brasília, mas havia chegado à capital nessa quarta-feira (13/9), para participar de um evento da revista Exame.

Aumento da violência na região A delegacia responsável pelo policiamento no Planalto Paulista registrou o equivalente a um crime a cada dois dias dentro de residências nos sete primeiros meses deste ano. No total, foram 107 furtos e roubos até julho deste ano.

Chamados de crimes patrimoniais, os roubos a residência aumentaram de 14 para 17 no período. Já os furtos caíram de 98 para 90. Os dados são do 16º DP (Vila Clementino) e foram divulgados pela Secretaria da Segurança Pública (SSP) de São Paulo.

Os roubos e furtos, em geral, aumentaram na região onde o ministro da Fazenda fica quando vem para São Paulo.

Foram registrados 1.625 furtos, entre janeiro e julho deste ano, e 2.086 no mesmo período do ano passado, alta de 28%. Os roubos subiram de 1.036 para 1.116, um crescimento de 7,7%.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Deputado estadual Otoni de Paula Pai falece aos 71 anos

Na madrugada desta segunda-feira (27), morreu, aos 71 anos, o deputado estadual pelo Rio...

Senado discute proposta que pode privatizar terrenos da União

PEC quer que áreas ocupadas do litoral possam ser compradas por particulares mediante pagamento,...

Governo Lula planeja show em Brasília para arrecadar dinheiro para RS

IGO ESTRELA/METRÓPOLES 1 de 1 Chuvas e inundações no Rio Grande do Sul -...

Congresso analisa vetos às “saidinhas” e ao calendário de emendas

Deputados e senadores têm sessão conjunta na 3ª feira (28.mai); governistas estão otimistas com...

Mais para você