InícioEntretenimentoCelebridadeGuinness: mulher quebra recorde de assobio pelo nariz. Escute áudio

Guinness: mulher quebra recorde de assobio pelo nariz. Escute áudio

Uma moradora de Ontario (Canadá) quebrou um recorde inusitado. Lulu Lotus registrou no Guinness World Records (GWR) o volume mais alto de assobio pelo nariz. Com um tom de 44,1 decibéis, o som é tão intenso quanto o canto de um pássaro.

Confira:

Segundo Lulu contou ao Guinness, ela descobriu a habilidade quando era criança, aos sete anos de idade. A partir de então, passou a usar o dom das mais diversas formas. “Não pude resistir à tentação de pregar peças em professores e colegas de escola”, brincou.

Ela disse que ao ouvir o som, as pessoas ficavam intrigadas e procuravam de onde vinha o barulho. De acordo com a moça, certa vez, no colégio, um professor até mesmo vasculhou um corredor inteiro da instituição de ensino, por pensar que o som vinha de fora da sala de aula.

Lulu produz o som por meio dos músculos da garganta, os quais usa para controlar a maneira pela qual o ar sai do nariz. Caso ela mantenha a boca aberta, o som sai por ela, mas caso a feche, o som sai pelo nariz.

A jovem ficou emocionada ao saber da conquista e compartilhou a notícia com familiares e amigos. “Eles estavam todos muito entusiasmados e felizes por mim”, afirmou. Ela também agradeceu ao engenheiro acústico Payam, que a ajudou gratuitamente com a medição e busca pelo recorde.

Por fim, Lulu revelou que o filho dela também tem a mesma habilidade. A jovem sonha que ele tente o recorde e a supere. “Seria um sonho tornado realidade se um dia ele batesse o meu recorde”, disse.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Mobilização indígena em Brasília vai pressionar contra o marco temporal

Acampamento Terra Livre deve durar 5 dias e organização espera reunir mais de 6...

Monitor da USP diz que ato de Bolsonaro em Copacabana reuniu 32,7 mil pessoas

Foto: Saulo Angelo/Thenews2/Folhapress Ato de Bolsonaro no Rio de Janeiro 21 de abril de...

Destruição da Amazônia reduz etnia Akuntsu a apenas 3 mulheres

A pressão ao longo de décadas de colonizadores e desmatadores reduziu uma das pouco...

Fiscalização da Lei Seca flagra ‘fadas’ cobrando para ajudar motoristas na blitz

A fiscalização da Lei Seca no Rio de Janeiro flagrou motoristas que cobram dinheiro...

Mais para você