InícioEditorialPolítica NacionalHaddad quer taxar fundos no exterior como forma de compensar isenção do...

Haddad quer taxar fundos no exterior como forma de compensar isenção do IR

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, enviou para a Câmara dos Deputados três Medidas Provisórias (MPs) que estão prestes a perder a validade. Os textos tratam de programas de alimentação dos trabalhadores, reajuste de servidores e a atualização da tabela de referência do Imposto de Renda (IR). Mesmo após atritos com o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP), Fernando Haddad disse que vai tentar sensibilizar deputados pela aprovação da proposta. O texto da MP já está em vigor, mas precisa ser aprovado pelo Congresso até o dia 28 de agosto para não perder a validade.  As votações foram tema de reunião entre Pacheco e Haddad. Para o ministro da Fazenda, a única forma de permitir que trabalhadores que ganham até R$ 2.640 não paguem o IR será taxar fundos e empresas offshore (aquelas localizadas fora do país): “Toda vez que você atualiza a tabela do Imposto de Renda você tem uma renúncia fiscal, essa renúncia fiscal precisa, por lei, ser compensada”.

“Nós entendemos que deveríamos adotar a prática da OCDE. Reunimos toda a legislação da OCDE, incluindo países que são pares do Brasil, como México e Chile, pegamos a legislação de como isso é tratado do âmbito da OCDE e colocamos como compensação da renúncia fiscal, para que pessoas que ganhem até dois salários mínimos deixem de pagar”, explicou. O líder do governo no Congresso, Randolfe Rodrigues (sem partido), pediu pressa na análise dos deputados: “Eu imagino que a Câmara dos Deputados terá a sensibilidade necessária, em seguida o Senado, para que nós votemos, nas próximas duas semanas, essas duas medidas provisórias”.

*Com informações do repórter André Anelli

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Leia declarações de Lula e de Bolsonaro em 2 anos de guerra na Ucrânia

O ex-presidente manteve posição de neutralidade enquanto o atual tentou assumir papel de mediador...

Bolsonaristas preferem que impeachment de Lula só avance em 2025

Vinícius Schmidt/Metrópoles @vinicius.foto 1 de 1 Rodeada por parlamentares bolsonaristas, deputada federal Carla Zambelli...

Lula critica apostas on-line e diz que “todo mundo joga no bicho”

Presidente declara que as empresas “não pagam imposto ainda”, mas setor foi regulamentado e...

J&F e Odebrecht usam lei de terras a estrangeiros em brigas de bilhões

O debate sobre restrições do acesso a terras por estrangeiros, objeto de ações no...

Mais para você