InícioEditorialPolítica NacionalInstabilidade na CBF não prejudica sediar Copa feminina, diz Ednaldo

Instabilidade na CBF não prejudica sediar Copa feminina, diz Ednaldo

Presidente da entidade retornou ao cargo por decisão liminar de Gilmar Mendes. O Brasil tenta ser a sede do evento em 2027

O presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), Ednaldo Rodrigues, afirmou nesta 4ª feira (21.fev.2024) que a instabilidade na cúpula da entidade não deve prejudicar a tentativa do Brasil de sediar a Copa do Mundo Feminina de 2027. A declaração foi no Palácio do Planalto, depois de um encontro com o presidente Luiz Inácio da Silva (PT) e com representantes da Fifa que estão no Brasil para vistoriar estádios e possíveis cidades-sede.

“Não vai prejudicar. Não prejudica, nós temos confiança plena em tudo que tem acontecido, eu fui eleito legitimamente pela maior votação da história da instituição e estamos trabalhando com todo o otimismo e consideração para fazermos as melhores competições que temos realizado e também para recebermos a copa do mundo em 2027”, disse.

Em janeiro, o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Gilmar Mendes, devolveu Rodrigues à presidência da CBF, que havia sido afastado do cargo em 7 de dezembro por decisão do TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro).

A ação que questionava o afastamento do dirigente foi apresentada ao Supremo pelo PC do B –partido responsável por indicar o secretário-geral da instituição– em 23 de dezembro.

O ministro do STF disse também que considerou as manifestações favoráveis ao retorno de Ednaldo Rodrigues ao comando da CBF por parte da AGU (Advocacia Geral da União) e da PGR (Procuradoria Geral da República).

Em nota assinada pelo advogado-geral da União substituto, Flavio José Roman, foram mencionadas consequências do afastamento de Ednaldo para o futebol brasileiro, além da ameaça de suspensão da própria CBF pela Fifa e Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol).

O procurador-geral da República, Paulo Gonet, também opinou, na época, pelo retorno do dirigente esportivo ao cargo.

Ednaldo e o ministro dos Esportes, André Fufuca, que também participou da reunião, se mostraram confiantes com o Brasil ser a sede da Copa do Mundo. Depois das vistorias, a Fifa não teria feito novas exigências para os estádios brasileiros. A decisão deve ser tomara em reunião ad Fifa na Tailândia, em maio.

ENTENDA O CASO Ednaldo sofre, há meses, uma série de pressões internas na CBF que se intensificaram com o mau desempenho da seleção brasileira nas eliminatórias para a Copa do Mundo. Acusações de mau uso dos recursos da confederação vieram a público, impulsionadas por opositores de Ednaldo e embasadas em documentos vazados aos quais o Poder360 teve acesso.

Enquanto o processo do MP (Ministério Público) do Rio tramitava, o então presidente da CBF, Rogério Caboclo, foi afastado do cargo por acusações de assédio sexual e moral contra funcionárias –os casos foram arquivados posteriormente, em outubro de 2022.

Ednaldo Rodrigues, vice de Caboclo, assumiu interinamente e assinou, junto ao MP, um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta). O TAC possibilitou sua eleição formal em março de 2022 para um mandato de 4 anos. Esse acordo foi considerado ilegal pelo Tribunal de Justiça do Rio em decisão proferida em 7 de dezembro.

CBF & PC DO B O Partido Comunista do Brasil indicou, em 2023, Alcino Rocha para o cargo de secretário-geral da CBF. Ele, que foi filiado ao PC do B, assumiu o cargo em 16 de janeiro do ano passado e deu lugar a Caio Rocha, indicado pelo interventor José Perdiz para o cargo em dezembro.

Depois da chegada de Perdiz, Rocha continuou se comunicando com a Fifa e se apresentando como secretário-geral –já que a entidade não reconheceu a nova diretoria e presidência. Oficialmente, no entanto, ele passou a ocupar o cargo de assessor especial da Presidência Interina.

CBF & IDP A CBF tem uma relação comercial com o IDP (Instituto Brasileiro de Desenvolvimento e Pesquisa), empresa privada de ensino fundada por Gilmar Mendes há 25 anos e hoje comandada por seu filho Francisco Mendes, que é diretor-geral da escola.

Em 16 de agosto de 2023, a CBF e o IDP anunciaram uma parceria para gestão e operação da chamada CBF Academy. Essa unidade de negócios de confederação oferece cursos dentro do Brasil e no exterior para quem deseja adquirir profissionalização no mercado do futebol.

Segundo um comunicado da confederação divulgado na época, a CBF Academy foi “criada em 2016” e “é organizada em duas escolas”: uma concentrada em técnica e outra de gestão e negócios. “Já certificou mais de 10.000 alunos, com um portfolio que ultrapassa os 40 cursos, em diferentes segmentos, voltados para a formação de profissionais do futebol”. Leia a íntegra do comunicado (PDF – 2,9 MB).

Francisco Mendes, que comanda o IDP e é filho de Gilmar Mendes, afirmou o seguinte na ocasião em que o contrato com a CBF foi firmado:

“O IDP tem 25 anos de história, milhares de alunos formados e hoje entramos em campo com a CBF. E em uma tabelinha que, espero, seja das melhores, como as que tivemos com Garrincha e Pelé, Bebeto e Romário, Ronaldo e Rivaldo, e agora, CBF Academy e IDP. Queremos multiplicar e expandir.

“O futebol brasileiro é um dos ativos mais importantes que temos e é conhecido no mundo todo. E a CBF Academy tem papel fundamental nesse momento em que o futebol se profissionaliza em todo o mundo. O futebol hoje é um grande negócio, além de ser arte e magia também.

“A CBF e a CBF Academy têm papel primordial neste ecossistema do futebol brasileiro e, com o IDP se aliando a esse movimento, queremos que o futebol gere frutos. Agradecemos a todos da CBF Academy por um casamento longevo e produtivo para o futebol nacional e para o Brasil”.

O valor do contrato entre IDP e CBF não foi revelado. A CBF Academy, em seus bons momentos antes de firmar parceria com o IDP, tinha uma receita na casa de R$ 12 milhões por ano.

A seguir, vídeo que foi divulgado pela CBF de quando Ednaldo Rodrigues e Franscisco Mendes firmaram a parceria sobre a CBF Academy (3min15s):

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Comissão dos EUA diz que Moraes “censura” oposição ao governo Lula

Relatório de deputado pró-Trump diz que ministro do STF tenta “forçar” o X (ex-Twitter)...

Ato de Bolsonaro no Rio no dia 21 terá governadores e parlamentares: veja quem vai

Foto: Divulgação Jair e Michelle Bolsonaro 17 de abril de 2024 | 21:45 ...

Veja momento em que câmeras espiãs são encontradas em casa de deputada

Um vídeo mostra o momento em que as câmeras instaladas no apartamento alugado pela...

Campos Neto diz que mudança na meta afeta política monetária

“Quando tem problemas de credibilidade em algum dos lados, afeta o outro”, afirma em...

Mais para você