InícioNotíciasPolíticaJovem negro se forma em medicina ao som de “Negro drama” e...

Jovem negro se forma em medicina ao som de “Negro drama” e emociona

Formado em medicina pela Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC), de Salvador (BA), o jovem Deyvisson Luís Maia escolheu a música Negro Drama, do grupo de rap brasileiro Racionais MC’s, como trilha sonora da ocasião sua colação de grau, realizada na último dia 18 de janeiro.

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o momento em que Deyvisson é anunciado para receber o diploma e começa a tocar a música. O rapaz é aplaudido pelos presentes na cerimônia e recebe o diploma das mãos dos pais e da avó.

A canção Nego Drama é considerada um hino representativo da força negra. No Instagram, Deyvisson publicou uma carta aberta à avó, na qual menciona a música: “Meu projeto de vida foi iniciado muito antes do meu nascimento. Em Conceição do Coité, há 75 anos, nascia o sonho. Dona Quita se mudou, analfabeta, para região metropolitana para melhorar de vida e o início foi complicado. Lembro disso toda vez que escuto Negro Drama”.

Veja:

Leia um trecho da música:

Nego drama

Cabelo crespo e a pele escura

A ferida, a chaga, à procura da cura

Nego drama

Tenta ver e não vê nada

A não ser uma estrela

Longe, meio ofuscada

Sente o drama

O preço, a cobrança

No amor, no ódio, a insana vingança

Nego drama

Eu sei quem trama e quem tá comigo

O trauma que eu carrego

Pra não ser mais um preto fodido

O drama da cadeia e favela

Túmulo, sangue, sirene, choros e velas

Passageiro do Brasil, São Paulo, agonia

Que sobrevivem em meio às honras e covardias

Periferias, vielas, cortiços

Você deve tá pensando

O que você tem a ver com isso?

Desde o início, por ouro e prata

Olha quem morre, então

Veja você quem mata

Recebe o mérito a farda que pratica o mal

Me ver pobre, preso ou morto já é cultural

Histórias, registros e escritos

Não é conto nem fábula, lenda ou mito

Não foi sempre dito que preto não tem vez?

Então olha o castelo e não

Foi você quem fez, cuzão

Eu sou irmão do meus truta de batalha

Eu era a carne, agora sou a própria navalha

Tim-tim, um brinde pra mim

Sou exemplo de vitórias, trajetos e glórias

Deyvisson contou que a ideia de cursar medicina entrou em sua mente porque, na infância, tinha pé plano e pernas tortas. Desde os primeiros anos de idade o menino teve que fazer tratamento com ortopedista.

“Ok, o guri via o médico e sabia que seria igual a ele, mesmo não sendo ainda. O guri cresceu, entrou na faculdade de medicina, esperou 3 anos para ter aula de ortopedia e o professor, advinha? Era o seu médico de infância que ele queria ser igual”, escreveu ele em um post.

Ainda pelas redes sociais, o jovem médico agradeceu o apoio que vem recebendo desde que o vídeo viralizou. “Eu sigo sem acreditar nessa repercussão nacional. Pessoas famosas e não famosas fazendo do meu momento o delas também. Perfis gigantes falando de mim, pessoas dos 4 cantos do país, literalmente, me mandando mensagens positivas”, comemorou.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

PF prende 3 e faz buscas contra 24 envolvidos no 8 de Janeiro

Agentes cumprem mandados em Minas, Tocantins e Distrito Federal na 25ª fase da operação...

Adolescente é apreendido por matar doméstica durante assalto em Goiás

A Polícia Civil de Goiás (PCGO) apreendeu, nessa quarta-feira (28/2), um adolescente suspeito de...

Ex-apresentador do SBT é preso por tráfico de drogas em Santos; vídeo

Santos – O ex-apresentador de televisão Marcelo Carrião foi preso em flagrante por tráfico...

Mais para você