InícioEditorialPolítica NacionalLideranças pressionam Pacheco a manter sessão conjunta do Congresso; governo negocia acordo...

Lideranças pressionam Pacheco a manter sessão conjunta do Congresso; governo negocia acordo para adiar CPMI

Palácio do Planalto busca postergar em uma semana a leitura do requerimento para instalação da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito do 8 de janeiro; deputados e senadores cobram deliberação de matérias

Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Presidente do Congresso Nacional, senador Rodrigo Pacheco conduz Sessão Conjunta destinada à deliberação dos vetos ao orçamento de 2023

Lideranças de partidos e bancadas no Senado Federal e da Câmara dos Deputados encaminharam um ofício ao presidente do Congresso Nacional, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), pedindo a manutenção da primeira sessão do Congresso. No ofício, os líderes afirmam que há acordo para a postergação da votação do piso da enfermagem, mas ressaltam a “imprescindibilidade da sessão conjunta” para deliberação de matérias da pauta. A sessão entre deputados e senadores está marcada para acontecer nesta terça-feira, 18, às 12h. No entanto, o governo federal tenta adiar a realização do encontro parlamentar para postergar em uma semana a leitura do requerimento para instalação da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) do 8 de janeiro. Para isso, o Palácio do Planalto negocia acordo para o adiamento da votação da matéria da enfermagem, enquanto lideranças do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tentam convencer os parlamentares retirem suas assinaturas para enfraquecer o pedido da CPMI do 8 de janeiro. O ofício encaminhado a Rodrigo Pacheco é assinado por 13 líderes, entre eles: senador Rogério Marinho, líder da oposição no Senado; deputado Carlos Jordy, líder da oposição na Câmara; senador Flávio Bolsonaro, líder da minoria no Congresso; deputado Eduardo Bolsonaro, líder da minoria na Câmara; e o senador Hamilton Mourão, vice-líder do Republicanos no Senado.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Operação policial na Maré suspende aulas em 24 escola e gera apreensão

A Polícia Militar realiza na manhã desta quarta-feira (24) uma operação na Nova Holanda...

Governo anuncia empresas vencedoras de licitação de R$ 200 mi da Secom

Ministério das Comunicações tenta resolver queda de popularidade do governo; as empresas apresentaram plano...

Lira recua e diz que errou ao chamar ministro de Lula de incompetente

Foto: Marcelo Camargo/Arquivo/Agência Brasil Alexandre Padilha 24 de abril de 2024 | 07:37 ...

Mais para você