InícioNotíciasPolíticaLula anuncia pacote de medidas no Dia do Trabalhador; veja quais são

Lula anuncia pacote de medidas no Dia do Trabalhador; veja quais são

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) assina, nesta segunda-feira (1º/5), um pacote de medidas voltadas aos trabalhadores, em alusão à data.

O mandatário participa nesta segunda de atos das centrais sindicais em São Paulo. Ele embarcou na manhã desta segunda e deve chegar ao Vale do Anhangabaú, no centro da capital paulista, por volta das 12h.

A maioria das medidas já é conhecida, como o reajuste do salário mínimo, de R$ 1.302 para R$ 1.320, válido a partir deste 1º de maio. A política de valorização do salário mínimo é uma bandeira histórica do PT e foi promessa de campanha de Lula em 2022.

Também foi assinada uma medida provisória (MP) que isenta do imposto de renda todos os trabalhadores que recebem até R$ 2.640 (o equivalente a dois salários mínimos), também já a partir de maio de 2023.

Outras medidasO presidente Lula também assinou uma MP que prorroga, até 1º de maio de 2024, o prazo para regulamentar a portabilidade, a interoperabilidade e a operacionalização dos serviços de pagamento dos programas de alimentação do trabalhador.

A edição dessa MP se dá porque o Ministério do Trabalho e Emprego alega não poder pautar a regulamentação da matéria dentro do prazo limite estipulado pela lei. O governo alega “complexidade dos aspectos e competências das diversas pastas que envolvem o tema”.

Ainda serão ratificadas duas convenções internacionais no âmbito da Organização Internacional do Trabalho (OIT). A primeira delas trata do marco promocional para segurança e saúde no trabalho. Já a segunda é relativa à Inspeção do Trabalho no Meio Rural.

O governo lança ainda a Política dos Contratos Safristas, que prevê acordos coletivos e convenções que estabeleçam contratos por safra e setoriais.

Também foi anunciada a criação de um grupo de trabalho (GT) para elaborar proposta de regulamentação das atividades de prestação de serviços, transporte de bens e de pessoas e outras atividades executadas por intermédio de plataformas digitais.

Trabalho escravoO governo também insere nesse pacote a reinstituição da Comissão Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo (Conatrae), que tem por objetivo coordenar e avaliar a implementação das ações previstas no Plano Nacional para a Erradicação do Trabalho Escravo.

A comissão está vinculada ao Ministério dos Direitos Humanos.

Além disso, será lançada proposta de acordo federativo de combate ao trabalho escravo contemporâneo, que tem por objetivo frisar a importância do combate ao trabalho análogo ao de escravo.

Dados oficiais indicam que cerca de 1.200 trabalhadores já foram resgatados à escravidão pela auditoria fiscal do Ministério do Trabalho e Emprego nos primeiros quatro meses de 2023.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Qual a diferença entre os molhos branco e 4 queijos

Chef especializada em comida italiana, Carina Popolare, explica como usar os molhos clássicos e...

Governança de Inteligência Artificial é a nova fronteira do ESG

Por Alexandre Pegoraro (*) A lógica de que a humanidade deve controlar a Inteligência Artificial...

Mariah lança duas primeiras canções da carreira em projeto especial do Geração Fazendinha #2

Com Ana Castela, Luan Pereira e US Agroboy na liderança, o projeto revolucionário do...

Tendências na estética

No campo da filosofia a palavra estética significa, belo, a sensibilidade; uma reflexão voltada...

Mais para você