InícioEditorialPolítica NacionalLula diz que pesquisas não podem ser tomadas como "verdade absoluta"

Lula diz que pesquisas não podem ser tomadas como “verdade absoluta”

Presidente diz que levantamentos orientam o governo a fazer mudanças de rumo; afirma que o Brasil crescerá mais em 2024

“Eu não sou um presidente da República que faz um diagnóstico e fica feliz com o diagnóstico. Eu fico feliz quando consigo fazer com que sejam colocadas em prática políticas capazes de mudar e melhorar a situação que foi diagnosticada”, afirmou Lula Sérgio Lima/Poder 360 – 08.jan.2024

Mateus Maia 11.jan.2024 (quinta-feira) – 15h20

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou nesta 5ª feira (11.jan.2024) que pesquisas de opinião não podem ser “verdade absoluta”. Para ele, os levantamentos servem para mudar e “fazer as coisas acontecerem”. O petista também disse achar que a economia vai crescer “mais” em 2024.

“Quando a gente faz uma análise política e econômica e a gente analisa pesquisa, e a gente analisa que tem uma coisa que está difícil de acontecer, não é para a gente ficar transformando aquela pesquisa na verdade absoluta. A pesquisa existe para que a gente tenha condições de fazer mudança de rumo e fazer as coisas acontecer”, afirmou.

Lula disse não ficar “feliz” ao fazer um diagnóstico, mas que precisa mudar as coisas para melhorar a situação.

“Eu não sou um presidente da República que faz um diagnóstico e fica feliz com o diagnóstico. Eu fico feliz quando consigo fazer com que sejam colocadas em prática políticas capazes de mudar e melhorar a situação que foi diagnosticada”, afirmou.

Segundo o presidente, haverá uma diminuição no volume de eventos e lançamentos de políticas públicas no Planalto neste ano. A ideia, entretanto, é marcar conversas com a imprensa especializada em determinada área para que o governo explique o que tem feito sobre o tema.

Pesquisa realizada pelo Ipri (Instituto de Pesquisa em Reputação e Imagem), da FSB, a pedido do governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirma que 38% dos brasileiros avaliam a administração petista como “ótimo/bom”. Já 29% avaliam como “péssimo/ruim”, 31% como “regular” e 2% não souberam dizer ou não responderam.

O Poder360 comparou os resultados de 7 empresas (PoderData, Datafolha, Ipec, Quaest, CNT/MDA, Paraná Pesquisas e Atlas Intel) considerando a 1ª e a última pesquisa realizadas em 2023.

ECONOMIA MELHOR Lula repetiu que o Brasil é capaz de surpreender os analistas econômicos com indicadores melhores que os esperados.

“Eu estou convencido que nós vamos ter um outro ano primoroso nesse país. A economia vai crescer mais do que os especialistas estão dizendo. Vai crescer porque as coisas estão acontecendo.”

A inflação oficial do Brasil fechou 2023 a 4,62%, o menor nível anual desde 2020. A taxa é medida pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo). O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgou o resultado na 4ª feira (10.jan). Eis a íntegra do relatório (PDF – 1 MB).

A inflação também fechou dentro do intervalo permitido pela meta de inflação, que era de 3,25% em 2023, com tolerância de até 4,75%. A última vez que a taxa global ficou dentro do permitido foi há 3 anos, em 2020. Superou o teto da meta em 2021 e em 2022.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

PT lançará fórum da Palestina em São Paulo em 25 de junho

Grupo é criado para fortalecer o apoio à causa Palestina dentro do partido; evento...

Confira como foi a reinauguração da Escola Municipal Vereador Genivaldo Bispo de Oliveira

Nesta quinta-feira (20), ocorreu a reinauguração da Escola Municipal Vereador Genivaldo Bispo de Oliveira...

Marido de Cleo dá detalhes de grave acidente: “Quadro perigoso”

Depois do portal Leo Dias contar que o marido de Cleo, Leandro D’Lucca havia...

Mais para você