InícioEditorialPolítica NacionalLula termina o 1º ano de mandato desaprovado por 16% dos que...

Lula termina o 1º ano de mandato desaprovado por 16% dos que o elegeram

Taxa subiu 6 pontos percentuais em 1 ano, segundo o PoderData; bolsonaristas que aprovam o petista são 15%

Pesquisa mostra que insatisfeitos equivalem a algo como 9,6 milhões de eleitores, número mais que 4 vezes maior que os 2,14 milhões de votos que decidiram a eleição em favor do petista Sérgio Lima/Poder360 – 1º.nov.2023

Jonathan Karter 23.dez.2023 (sábado) – 14h00

Pesquisa PoderData realizada de 16 a 18 de dezembro de 2023 mostra que 16% dos eleitores que dizem ter votado no presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no 2º turno das eleições de 2022 desaprovam a administração do petista. Em 1 ano, a taxa subiu 6 pontos percentuais.

Por ser um segmento que tende, em sua maioria, a aprovar o governo, esses percentuais indicam um perfil de “eleitor descontente” de Lula.

Para chegar a este resultado, o PoderData cruzou as respostas dos entrevistados às perguntas: “Você aprova ou desaprova o governo do presidente Lula?” e “Em quem você votou para presidente no 2º turno das eleições de 2022?” ao longo do ano. O PoderData fez 5 pesquisas nacionais em 2023 para avaliar vários aspectos da administração do presidente Lula. Foi a única empresa a realizar essa quantidade de levantamentos de janeiro a dezembro, cobrindo todo o ano do governo.

O levantamento ainda cruzou a declaração de voto em 2022 dos entrevistados com a avaliação do trabalho pessoal do presidente –quando o entrevistado pode avaliar Lula à frente do Planalto como bom/ótimo, regular ou ruim/péssimo. Nesse cruzamento, o resultado é numericamente mais favorável ao presidente, mas empata tecnicamente, no limite da margem de erro da pesquisa (2 p.p.), com a avaliação da gestão.

Lula recebeu 60.345.999 votos no 2º turno de 2022 contra 58.206.354 de Bolsonaro. Isso significa que os percentuais de insatisfeitos equivalem a algo como 9,6 milhões de eleitores, número mais que 4 vezes maior que os 2,14 milhões de votos que decidiram a eleição em favor do petista.

Apesar disso, o PoderData também mostra um cenário inverso. Dentre os que votaram no ex-presidente Jair Bolsonaro, há uma parcela expressiva que, hoje, avaliam positivamente a gestão petista: 15% declaram “aprovar” o governo Lula e outros 11% avaliam o desempenho do atual presidente como “bom” ou “ótimo”.

Considerando os 15% que afirmam “aprovar” a administração federal no eleitorado de Bolsonaro e os votos recebidos pelo militar, o levantamento indica que cerca de 8,7 milhões desses eleitores são, agora, simpáticos à nova gestão. Ou seja, nos 2 lados há eleitores com indícios a mudar de opinião e, em ambos os casos, esse número supera a diferença de votos que decidiu o pleito de 2022.

Tudo considerado, a polarização segue pujante e, como mostrou o Poder360, no início da semana, Lula tem menos apoio do que quando foi eleito. Encerra o 1º ano sem conseguir cumprir o discurso de unir o país. Pelo contrário, conseguiu até afastar alguns de seus próprios apoiadores.

A pesquisa foi realizada pelo PoderData, empresa do grupo Poder360 Jornalismo, com recursos próprios. Os dados foram coletados de 16 a 18 de dezembro de 2023, por meio de ligações para celulares e telefones fixos. Foram 2.500 entrevistas em 244 municípios nas 27 unidades da Federação. A margem de erro no estrato geral da pesquisa é de 2 pontos percentuais. O intervalo de confiança é de 95%.

Para chegar a 2.500 entrevistas que preencham proporcionalmente (conforme aparecem na sociedade) os grupos por sexo, idade, renda, escolaridade e localização geográfica, o PoderData faz dezenas de milhares de telefonemas. Muitas vezes, são mais de 100 mil ligações até que sejam encontrados os entrevistados que representem de forma fiel o conjunto da população. Saiba mais sobre a metodologia lendo este texto.

OS QUE NÃO VOTARAM Menos da metade (44%) das pessoas que não saíram de casa para votar em 30 de outubro de 2022 diz “aprovar” o governo Lula. O percentual caiu 6 pontos desde janeiro –quando estava em 50%. Nesse grupo, os que declaram estar insatisfeitos são 39% –5 pontos percentuais a mais que no início do mandato.

Em relação ao desempenho pessoal de Lula, os que dizem não ter ido votar no 2º turno de 2022 se dividem:

31% declaram ser “bom” ou “ótimo”; 31% dizem ser “ruim” ou “péssimo”; 33% avaliam como “regular”.

PODERDATA  O conteúdo do PoderData pode ser lido nas redes sociais, onde são compartilhados os infográficos e as notícias. Siga os perfis da divisão de pesquisas do Poder360 no Twitter, no Facebook, no Instagram e no LinkedIn.

Leia mais dados desta rodada da pesquisa:

Aprovação ao governo Lula cai de 52% para 46% em 1 ano, diz PoderData Avaliação negativa de Lula supera numericamente a positiva PoderData: aprovação do governo recua de 62% para 56% entre católicos Avaliação do governo divide beneficiários do Bolsa Família.  49% acham governo Lula melhor que o de Bolsonaro, diz PoderData. Brasileiros estão mais otimistas que há 6 meses, diz PoderData. 53% dos que recebem Bolsa Família estão otimistas com finanças pessoais. PoderData: 25% dizem que situação financeira piorou em 6 meses. Metade dos eleitores de Lula e Bolsonaro veem melhora econômica em 6 meses. Sob Lula, só 30% teriam R$ 200 para uma emergência, diz PoderData. STF termina o ano avaliado positivamente por só 19% dos eleitores. STF é mais bem avaliado entre os que elegeram Lula em 2022 Depois de 1 ano, aprovação ao governo piora entre mulheres e mais pobres. METODOLOGIA  A pesquisa PoderData foi realizada de 16 a 18 de dezembro de 2023. Foram entrevistadas 2.500 pessoas com 16 anos de idade ou mais em 244 municípios nas 27 unidades da Federação. Foi aplicada uma ponderação paramétrica para compensar desproporcionalidades nas variáveis de sexo, idade, grau de instrução, região e renda. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

As entrevistas foram realizadas por telefone (para linhas fixas e de celulares), por meio do sistema URA (Unidade de Resposta Audível), em que o entrevistado ouve perguntas gravadas e responde por meio do teclado do aparelho. O intervalo de confiança do estudo é de 95%.

Para facilitar a leitura, os resultados da pesquisa foram arredondados. Por causa desse processo, é possível que o somatório de algum dos resultados seja diferente de 100. Diferenças entre as frequências totais e os percentuais em tabelas de cruzamento de variáveis podem aparecer por conta de ocorrências de não resposta. Este estudo foi realizado com recursos próprios do PoderData, empresa de pesquisas que faz parte do grupo de mídia Poder360 Jornalismo.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Entenda a negociação entre Brasil e Paraguai sobre Itaipu

Governos dos 2 países discutem tarifas de 2024 e revisão do chamado anexo C...

Mendonça dá 60 dias para empresas renegociarem acordos com Lava Jato

O ministro André Mendonça, do Supremo Tribunal Federal (STF), deu prazo de 60 dias...

Moraes derruba decisões de Receita e Carf contra Globo e atores

Depois de decisões favoráveis do ministro Cristiano Zanin e da Primeira Turma do STF,...

Canadá propõe regras para atuação de plataformas digitais

A Lei de Danos On-line foi apresentada ao Parlamento pelo governo de Justin Trudeau;...

Mais para você