InícioEditorialMarcas pretendem investir mais de R$ 1 milhão por ano em marketing...

Marcas pretendem investir mais de R$ 1 milhão por ano em marketing de influência

O marketing de influência tem sido a receita de sucesso para muitas marcas. A prova disso é que segundo levantamento da empresa de pesquisa Nielsen, 84% das marcas pretendem investir mais de R$ 1 milhão por ano em projetos de marketing de influência. No Brasil, a Nielsen diz que são mais de 10 milhões de influenciadores e o número tende a crescer. Estar nas redes é fundamental, mas é precisa saber como fazer. A cirurgiã-dentista Larissa Leme tem uma clínica de estética e conta que, para ela, aprender mecanismos de vendas na internet para alavancar a carreira é imprescindível: “Quem não está nesse meio de aprender a elevar a marca, de usar a influência, acaba ficando para trás. A gente tem que aproveitar, mesmo sendo da saúde, mesmo sendo de outras áreas. Aproveitar para conseguir escalar a nossa marca da melhor maneira”, afirma à Jovem Pan News.

É justamente essa finalidade do Influence Brazil, conectar empreendedores e influenciadores para a troca de experiências, além de ensinar todos os meandros do marketing de influência. O evento que acontece até esta sexta-feira, 19, tem expectativa de reunir até 3.000. O idealizador do evento, Robson Galvão, é dono de uma empresa de gomas para cabelo e sabe bem a importância de perceber as mudanças no mercado. “As pessoas que entendem que construir uma marca forte faz com que atraia mais talentos para trabalhar com ela, venda mais caros seus produtos, seja mais reconhecida no mercado. Experiência, influência e conteúdo é uma das bases para a construção de uma marca forte”, relata.

Entre os influenciadores, a influenciadora Bia Napolitano participou do evento apresentando um dos painéis. Com jeito espontâneo, Bia leva muito humor para os amis de 3 milhões de seguidores no Instagram. Hoje, ela resolveu criar a própria marca. “Sempre apareço nos vídeos de pijama, de roupas confortáveis para ficar em casa. Por que não montar uma marca nessa área? Então montei e nasceu primeiro a Bia Napolitano e ela trouxe a marca para o universo da influência”, comentou. Ao lado fe Bia, o humorista e apresentador do programa Pânico, Daniel Zukerman, destaca como o evento pode proporcionar encontros produtivos. “Você vê as marcas, conhece o dono da marca, o cara que produziu toda a ideia, vai trocar contato, fora a capacidade que eles têm de produção de conteúdo. o tempo inteiro está sendo postado em todas as plataformas de redes sociais. Tem muita gente que é a primeira vez palestrando, mas já tem uma marca de sucesso há anos. Então o tempo inteiro você vai ter a possibilidade de se conectar”, opina. Segundo o levantamento da Influency.me, 42% dos consumidores guardam o nome da loja após ver algum produto sendo indicado.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

CEO da Vale diz confiar no conselho para decidir nova gestão

Recondução de Eduardo Bartolomeo à presidência da mineradora é impasse no colegiado; mandato vai...

IIndivíduo é preso por tráfico de drogas em Itamaraju

Policiais Militares da 43ª CIPM, efetuou a prisão de um acusado em posse de...

Motoboy negro ferido por homem branco é indiciado por lesão corporal

São Paulo – A Polícia Civil do Rio Grande do Sul indiciou por lesão...

Leia declarações de Lula e de Bolsonaro em 2 anos de guerra na Ucrânia

O ex-presidente manteve posição de neutralidade enquanto o atual tentou assumir papel de mediador...

Mais para você