InícioEditorialNotíciasMoodar quer ser a Netflix dos RHs

Moodar quer ser a Netflix dos RHs

Startup oferece às empresas um vasto catálogo de cursos e mentorias sobre saúde emocional e desenvolvimento de competências dos colaboradores

A tecnologia está mudando a maneira como as empresas gerenciam seus talentos, com os departamentos de RH cada vez mais preocupados com a implementação de cultura e a valorização de seus profissionais. É por isso que, nos últimos anos, um termo tem se popularizado dentro das companhias: DHO, sigla para Desenvolvimento Humano e Organizacional, que reúne iniciativas para desenvolver competências técnicas e comportamentais entre os colaboradores, ajudando-os a crescer na carreira.

E foi de olho nessa tendência que, ainda em 2019, Felipe Farias criou a Moodar, startup que oferece soluções organizacionais para transformar a maneira como o colaborador se engaja com a experiência do ambiente de trabalho. A plataforma da Moodar oferece cursos em áreas como saúde e bem-estar, performance, volume de trabalho, diversidade e inclusão, relações interpessoais, comunicação e liderança.

Os clientes da startup são os próprios RHs das empresas, que a contratam para oferecer as capacitações gratuitamente aos colaboradores. Em troca, elas têm acesso a ferramentas de analytics, podendo assim ter insights precisos sobre o clima organizacional e o sentimento das equipes. Os cursos são ministrados por especialistas da Moodar e precisam ser agendados em turmas de cerca de 20 profissionais.

“A Moodar é uma plataforma de saúde e desenvolvimento emocional orientada a resultados, que mapeia e investiga a saúde da organização. Nosso sistema cria mapas de calor de comportamentos e competências, compara diferentes recortes da empresa e investiga questões críticas qualitativamente. Isso ajuda as companhias a entender os colaboradores, aumentando a produtividade e a satisfação no trabalho”, explica Thiago Donato, Chief Growth Officer da Moodar.

Um dos recursos mais utilizados da Moodar, segundo Donato, é a ferramenta de criação de programas customizados para desenvolver e promover o bem-estar emocional no ambiente de trabalho, ajudando os colaboradores a lidar com o estresse, a ansiedade e outras questões emocionais que possam afetar o desempenho.

Um estudo da consultoria de negócios PwC mostrou que 74% dos trabalhadores estão dispostos a aprender novas habilidades e fazer aperfeiçoamentos para se manterem empregados no futuro. No entanto, outra pesquisa, da Gartner, apontou que apenas 43% dos líderes de RH avaliam que seus funcionários estão satisfeitos com a tecnologia usada por suas organizações. Em outras palavras, existe uma demanda dos colaboradores por novos conhecimentos, mas a tecnologia ofertada ainda não é a ideal.

“É justamente esse cenário que queremos mudar. Nossa plataforma ajuda as empresas a aproveitar ao máximo a tecnologia para gerenciar seus recursos humanos de forma mais eficiente e eficaz, porque foi criada de RH para RH’, afirma Donato.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Alckmin volta a dizer que Lula “salvou” a democracia

Presidente em exercício declarou que só é democrata quem...

Exclusivo! Ex-BBB Maycon alfineta Thaís Fersoza: “Falta competência”

Nesta terça-feira (28/2), a coluna Fábia Oliveira bateu um papo exclusivo com o ex-BBB...

Governo federal cria casa em Roraima para atender povo Yanomami

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) assinou decreto, nesta quarta-feira (28/2), que...

Mais para você