InícioNotíciasPolíticaMoraes chama poder moderador do Exército de “interpretação golpista”

Moraes chama poder moderador do Exército de “interpretação golpista”

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, votou neste sábado (6/4) na ação que trata sobre os limites constitucionais da atuação das Forças Armadas e sua hierarquia em relação aos poderes.

Em seu voto, Moraes chamou a ideia das Forças Armadas como “poder moderador” é uma interpretação golpista.

“Exatamente em virtude da necessidade de garantir o Estado Democrático de Direito por meio da divisão das funções estatais em poderes civis, nunca na história dos países democráticos, houve a previsão das Forças Armadas como um dos Poderes de Estado, ou mais grave ainda – como se pretendeu em pífia, absurda e antidemocrática “interpretação golpista” – nunca houve a previsão das Forças Armadas como poder moderador, acima dos demais poderes de estado”, escreveu Moraes.

Assim como Moraes, outros nove ministros do STF votaram contra a ideia do “poder moderador”. O único que ainda não votou foi o ministro Dias Toffoli.

O julgamento é feito no plenário virtual, ou seja, de forma não presencial. A sessão está aberta desde o dia 29 de março e vai até 8 de abril.

A ação diz respeito a uma ação direta de inconstitucionalidade (ADI) ajuizada pelo PDT em 2020. O relator é o ministro Luiz Fux.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

SEC aprova primeiro ETF de Ethereum: um novo marco para o mercado de criptomoedas

Em um passo histórico para o universo das criptomoedas, a Comissão de Valores Mobiliários...

RS tem 10 dias para explicar mudança em código ambiental, diz Fachin

Ministro do STF leva ação apresentada pelo PV que alega retrocesso ambiental para julgamento...

Infrator de alto risco, adolescente que matou os pais é transferido

São Paulo — O adolescente de 16 anos que matou a família na última...

Mais para você