InícioEditorialMP acusa Sergio Cabral de improbidade administrativa durante seu governo no RJ

MP acusa Sergio Cabral de improbidade administrativa durante seu governo no RJ

O ex-governador do Rio de Janeiro, Sergio Cabral Filho, está novamente na mira do Ministério Público, sob acusação de improbidade administrativa. Quando governou o Estado, Cabral concedeu benefícios fiscais considerados suspeitos para uma empresa que atua no setor de etanol, a Alcool Quimica Canabrava S/A. A denúncia foi feita em 2022 por um grupo do MP especializado no combate à sonegação fiscal. O ex-governador ainda não foi oficialmente informado, mas a defesa dele já tomou conhecimento da ação. Em nota, os advogados dizem considerar a ação absurda e diz que o benefício fiscal foi concedido pelos secretários de Fazenda e Agricultura da época, que não era uma responsabilidade do então governador. No entanto, a ação do MP reúne um acervo robusto de provas da concessão ilegal de benefícios fiscais no caso e pede a devolução integral de R$ 271 milhões aos cofres públicos do Estado. O processo ainda não aparece no sistema eletrônico do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. A ação contra a empresa Alcool Quimica Canabrava, que tramita na segunda vara de Fazenda pública do Rio de Janeiro, foi redistribuída no ano passado. Desde então, Cabral não aparecia mais como réu no processo.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Documentos secretos revelam que ditadura expulsou diplomatas gays

Um novo relatório secreto chegou à mesa do ministro José de Magalhães Pinto, em...

Janja brinca com militar, entrega cadela Resistência e a pede de volta

Primeira-dama fez graça durante envio de ração para pets ao Rio Grande do Sul;...

Leo Santana lota Anhangabaú na abertura da Virada Cultural de SP

São Paulo — O começo do show atrasou mais de uma hora e o...

Anac autoriza voos comerciais na Base Aérea de Canoas

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) autorizou a operação de voos comerciais na...

Mais para você