InícioNotíciasPolíticaMulher de Naime pede Pix e critica corte do salário do PM:...

Mulher de Naime pede Pix e critica corte do salário do PM: “Tortura”

A criadora de conteúdo digital Mariana Adôrno, mulher do coronel da PMDF Jorge Eduardo Naime, usou suas redes sociais para pedir doações via Pix. Acusado de omissão no 8 de Janeiro, Naime está preso preventivamente desde 7 de fevereiro.

Na semana passada, o militar teve o salário suspenso por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF). Mariana Adôrno classificou o corte do salário como “tortura psicológica”.

PF prende comandante da PMDF e oficiais denunciados por atos extremistas de 8:12

Força-tarefa teve como alvos sete integrantes da cúpula da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) Hugo Barreto/Metrópoles

PF prende comandante da PMDF e oficiais denunciados por atos extremistas de 8:13

Hugo Barreto/Metrópoles

PF prende comandante da PMDF e oficiais denunciados por atos extremistas de 8:14

Eles são investigados por suposta omissão diante dos atos extremistas cometidos contra as sedes dos Três Poderes, em 8 de janeiro de 2023 Hugo Barreto/Metrópoles

PF prende comandante da PMDF e oficiais denunciados por atos extremistas de 8:15

Em 8/1/2023, apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) que não aceitavam o resultado das eleições presidenciais de 2022 invadiram Congresso Nacional, Supremo Tribunal Federal e Palácio do Planalto, em Brasília Hugo Barreto/Metrópoles

foto-PF-prende-comandante-da-PMDF-e-oficiais-denunciados-por-atos-extremistas-3

Hugo Barreto / Metrópoles

PF prende comandante da PMDF e oficiais denunciados por atos extremistas de 8:11

Equipes da PF e da PGR cumpriram diversos mandados judiciais contra os alvos, no Distrito Federal Hugo Barreto/Metrópoles

foto-PF-prende-comandante-da-PMDF-e-oficiais-denunciados-por-atos-extremistas-1

Um dos endereços visitados foi o edifício onde mora o atual comandante da PMDF, coronel Klepter Rosa Gonçalves, em Águas Claras (DF) Hugo Barreto / Metrópoles

foto-PF-prende-comandante-da-PMDF-e-oficiais-denunciados-por-atos-extremistas-4

Hugo Barreto / Metrópoles

foto-PF-prende-comandante-da-PMDF-e-oficiais-denunciados-por-atos-extremistas-5

Polícia Federal (PF) e Procuradoria-Geral da República (PGR) deflagraram a Operação Incúria, na manhã desta sexta-feira (18/8) Hugo Barreto / Metrópoles

foto-PF-prende-comandante-da-PMDF-e-oficiais-denunciados-por-atos-extremistas-2

Hugo Barreto / Metrópoles

“A injustiça não cessa. Agora estamos sendo penalizados com o bloqueio do salário do meu marido. Mais um tipo de tortura psicológica a ele e a todos nós, familiares”, afirmou Mariana.

Na sábado (2/9), Naime foi transferido da Academia de Polícia Militar para o Complexo Penitenciário da Papuda, no Distrito Federal. Além da omissão no 8 de Janeiro, recai sobre o militar a suspeita de corrupção.

“Evidência de corrupção” Subprocurador-geral da República, Carlos Frederico Santos afirma que há evidências de que o coronel da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) Jorge Eduardo Barreto Naime praticou corrupção. “Há indícios de que ele se apropiou ou desviou dinheiro da Associação dos Oficiais da PM, quando ele foi presidente”, disse o integrante da Procuradoria-Geral da República (PGR), ao Metrópoles.

A denúncia da PGR, que aponta omissão do alto comando da PMDF nos atos antidemocráticos, acabou descobrindo um suposto esquema de corrupção envolvendo o coronel Naime em 2021.

O documento indica que o militar mantinha relações econômicas aparentemente ilícitas com um homem identificado como Sérgio Assis. Ele teria usado o aparato público da polícia para transportar R$ 1 milhão, em favor do indivíduo.

Sérgio Assis é sócio da mulher de Naime na Monumental Serviços de Segurança Patrimonial Ltda.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Senado discute proposta que pode privatizar terrenos da União

PEC quer que áreas ocupadas do litoral possam ser compradas por particulares mediante pagamento,...

Governo Lula planeja show em Brasília para arrecadar dinheiro para RS

IGO ESTRELA/METRÓPOLES 1 de 1 Chuvas e inundações no Rio Grande do Sul -...

Congresso analisa vetos às “saidinhas” e ao calendário de emendas

Deputados e senadores têm sessão conjunta na 3ª feira (28.mai); governistas estão otimistas com...

Deslizamento de terra deixou 2 mil soterrados em Papua Nova Guiné

Depois que uma agência da ONU apontou 670 pessoas mortas em deslizamento de terra...

Mais para você